Impasse financeiro é o que separa Gilberto do Vasco

521
Atacante ainda não assinou com o Cruz-Maltino
Atacante ainda não assinou com o Cruz-Maltino

Liberado Gilberto está. O documento necessário chegou e o atacante do Toronto FC (CAN) já pode participar de atividades em São Januário. Após exames médicos, nesta segunda-feira, ele foi à academia, de manhã, e também treinou à tarde.

Resta ser definido em que moldes ele será contratado pelo Vasco. Segundo apuração, a diretoria cruz-maltina não deseja arcar com os salários do jogador, que superariam R$ 200 mil, fora dos padrões da atual situação financeira do clube. A questão ainda está sendo conversada entre as partes. José Luis Moreira, vice-presidente de futebol do Vasco, prefere manter a cautela sobre a negociação.

– O Gilberto veio pra treinar com a gente. Agora, se você me perguntar se temos interesse em que ele continue, nós temos. Se ele vai ficar, pode ser, mas aí já é outra história. Hoje (ontem), ele só está treinando aqui – desconversou Moreira.

Negociar com um jogador que já treina no clube não é algo comum. Mas para que Gilberto pudesse participar de atividades em outra instituição que não o Toronto FC, o Vasco precisou solicitar um documento que liberasse o atleta de retornar ao Canadá.

Com essa permissão, o Cruz-Maltino fica, inclusive, isento de responsabilidade, caso o atacante sofra alguma lesão neste período em que ainda não acertou com o Vasco.

– Em relação a isso, o Toronto seria o responsável – resumiu Sandro Zardo, empresário de Gilberto.

A negociação segue e não deve haver percalços, visto que o clube canadense já não se opôs ao pedido do atacante de não retornar. Isso, mesmo após o investimento de R$ 7 milhões para comprar os direitos do jogador, no fim de 2013.