Identificado corpo de Quenio Calais encontrado carbonizado em Barra de São Francisco

1341

096Foi identificado o corpo carbonizado, encontrado por um vaqueiro no distrito de Vila Itaperuna na propriedade do falecido Almir Dalmagre (Mira) em Barra de São Francisco.

Na época o vaqueiro viu um início de incêndio em uma parte da propriedade e ao ir até o local, deparou-se com o corpo de uma pessoa queimando. O corpo não identificado foi encaminhado para o IML de Colatina e na última segunda-feira, 28/09, uma das filhas da vítima foi até o IML e reconheceu o corpo, sendo do seu pai Quênio Calais, 39 anos, que residia no centro de Água Doce do Norte.

Segundo informações da filha da vítima, seu pai foi sequestrado no dia 12 de setembro de 2015 e uma Hilux de cor branca foi levado pelos desconhecidos que mataram Queninho como era conhecido com um golpe de faca que atingiu o lado esquerdo e em seguida colocaram fogo em seu corpo.

A Hilux foi localizada em Teófilo Otoni e o delegado Juliano Batista está trabalhando nas investigações e espera dentro de poucos dias chegar aos culpados que provavelmente mataram Quênio para roubar.

Entenda o caso

Moradores do distrito de Vila Itaperuna, interior de Barra de São Francisco, acionaram a polícia na noite de sexta-feira 11/09/2015, para uma ocorrência, onde foi encontrado por moradores o corpo de uma pessoa parcialmente carbonizado. Até o momento não foi identificada, mas o homem parece ter levado diversos golpes de facão na cabeça.

Segundo um dos moradores atendendo ao pedido do vaqueiro que pediu ajuda para apagar um fogo na mata, onde um dos populares acabou encontrando o corpo, e acionaram a polícia que chegou ao local em menos de 30 minutos