Hospital Fernando Serra está impedido de receber repasses de verbas em São Gabriel da Palha

998
Prefeito Henrique Vargas
Prefeito Henrique Vargas

Após os funcionários do hospital Fernando Serra de São Gabriel da Palha, declarar paralização sob alegação de não estar recebendo salários, o prefeito da cidade Henrique Vargas (PRP), postou um vídeo em sua página de relacionamento (facebook), esclarecendo os verdadeiros fatos que levaram os funcionários a paralisar os serviços e deixar a população a mercê da sorte.

De acordo com o prefeito, o que está acontecendo é uma manifestação política para prejudica-lo politicamente.

O referido hospital Fernando Serra, recebeu, segundo o prefeito, mais de R$ 3 milhões de reais somente neste ano de 2015. Os repasses foram suspensos pela prefeitura porque a diretoria da fundação hospitalar não está fazendo a prestação de contas como é devido e exigido por lei. “Não querem prestar contas por qual motivo? ”, indaga o prefeito. “Quero continuar fazendo repasse, mas é preciso que se faça a prestação de contas, se não fizerem a prestação de contas o repasse vai continuar suspenso, avisa o prefeito.

De acordo com Henrique Vargas existe até um CPI em andamento que está apurando o caso da não prestação de contas por parte da fundação hospitalar, e se existir irregularidades, os culpados deverão prestar contas judicialmente de seus atos.

“Como que pode alguém fazer politicagem em cima de uma coisa que está irregular, no caso da prestação de contas. Tem vereador, pré-candidatos e até a deputada por traz disso”. Não vou abrir mão da transparência, seriedade e honestidade com o dinheiro público, doa a quem doer”, disse Henrique.

“O hospital pode estar com indícios de irregularidades e por este motivo não querem prestar conta dos repasses que já foram feitos”, disse Henrique. ”Fui comunicado pela minha assessoria jurídica, que eu estou impossibilitado de continuar fazendo repasses para o hospital por falta de prestação de contas por parte da direção da fundação hospitalar”, esclarece o prefeito.

“Para se ter ideia, eu recebi um abaixo assinado com mais de 500 assinaturas reclamando do péssimo atendimento por parte dos médicos do hospital Fernando Serra”, disse Henrique Vargas. “O que está faltando é má gestão no hospital, e nós não vamos ficar fazendo repasse de verbas e o povo sendo mal atendido por aquela fundação hospitalar. Hoje as pessoas estão sendo levadas para Colatina para serem atendidas, inclusive as gestantes”, finaliza Henrique Vargas.