Homem furioso mata mulher a facadas e fere cunhada em Colatina

1550

Um crime contra duas mulheres deixou apavorado moradores do Bairro Martinelli pelo motivo banal que foi cometido em Colatina, noroeste do Espírito Santo. Uma delas morreu. A dona de casa Zenilda de Souza, 52 anos (foto) foi morta a facadas pelo ex-companheiro Romério da Silva Salles, 39 anos, na noite desta quarta-feira, 14/06/2018, na Rua Fioravante Rossi.

Sua irmã Iracilda Cruz de Souza, 47 anos levou quatro facadas foi medicada e já teve alta. As duas foram atacadas dentro de casa quando subiram o sobrado onde moravam para retirar alguns pertences de Zenilda. A Polícia Militar informou que o casal estava em processo de separação.

Por que você a matou: “ela abusou de mim”, justificou o crime Romério ao ser questionado pela polícia. Quando a polícia chegou, populares havia dominado tentado linchar acusado que foi preso em flagrante e continua internado sob escolta policial no Hospital Sílvio Avidos.

A vizinha Adriana viu a duas irmãs subindo a escadaria do apartamento e logo a seguir uma gritaria quando foram atacadas pelo homem a facadas. A arma do crime não foi localizada. Zenilda foi atingida na mandíbula, na barriga e lesão na coxa esquerda.

Iracilda foi esfaqueada na coxa esquerda, na cabeça e na mão. Zenilda chegou a pular uma janela do apartamento de uma altura de 4 metros para fugir do assassino, agravando ainda mais sua situação.

Ela chegou com vida ao Pronto Socorro do Hospital Silvio Avidos (HSA), mas morreu durante os procedimentos médicos.

Fonte: Nilo Tardin