Homem encontra corpo do irmão sendo enterrado no lugar de outra pessoa, no ES

598

Ex-vereador Marcos Jácome teve o corpo trocado com o de outra vítima — Foto: Arquivo Pessoal

O corpo de um homem de 64 anos, que morreu com suspeita de Covid-19 na manhã desta segunda-feira (29), foi encontrado por familiares sendo enterrado no lugar de outra pessoa.

Segundo a família, ele foi retirado do Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, no Espírito Santo, e deveria ser sepultado no município de Nova Venécia, mas foi levado por engano para a cidade vizinha de Boa Esperança.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) disse que abrirá Processo Administrativo Disciplinar para apurar e responsabilizar os envolvidos.

A vítima é o ex-vereador e ex-secretário de Saúde de Nova Venécia Marcos Jácome. Ele estava internado no hospital desde que deu entrada com quadro de pneumonia. Nesta manhã, não resistiu e morreu.

De acordo com a família, um teste rápido para Covid-19 foi realizado, mas deu negativo. Outro teste foi feito nesta segunda-feira, ainda sem resultado.

Por isso, o hospital seguiu o protocolo indicado para os casos suspeitos de Covid-19, quando o corpo é colocado em uma espécie de saco plástico com identificação por escrito.

De acordo com o irmão de Marcos, o sargento da Polícia Militar aposentado Alvimar Jácome, a troca de corpos foi identificada quando a funerária contratada chegou ao hospital e não encontrou a vítima.

“Entregaram o corpo errado. Eu que fui investigando para ver quais corpos saíram de lá e tentar achar o do meu irmão. Descobri que um tinha ido para Boa Esperança e outro para Sooretama. Aí, eu fui pra um lugar e meu sobrinho, para outro”, explicou Alvimar.

S       egundo o irmão do ex-vereador, ao chegar no cemitério de Boa Esperança, ele viu que o corpo de Marcos já estava sendo enterrado.

“Cheguei, já estavam enterrando. Pelo peso, eu já sabia que era meu irmão. Pedi para abrir o caixão, conferi o nome da etiqueta e confirmei”, disse.

Até as 17h, o corpo de Marcos continuava no cemitério de Boa Esperança, aguardando para ser encaminhado até Nova Venécia, onde deverá ser sepultado.

Hospital

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) confirmou que o erro aconteceu no momento da retirada do corpo do necrotério do hospital. O corpo de Marcos foi retirado no lugar de Rosicléia Moreira dos Santos Oliveira, que faleceu no domingo (28).

A direção do Hospital Estadual Roberto Arnizaut Silvares (HRAS) pediu desculpas, lamentou o ocorrido e esclareceu que está apurando as causas do fato e dando o suporte necessário aos familiares.

A Secretaria de Estado da Saúde disse que abrirá Processo Administrativo Disciplinar para apurar e responsabilizar os servidores envolvidos.

Câmara lamenta morte

A Câmara de Vereadores de Nova Venécia publicou uma nota informando que presta solidariedade a família do ex-vereador Marcos Jácome.

De acordo com o presidente da Casa, Juarez Oliosi, a Câmara irá realizar uma Moção de Pesar pelo falecimento do ex-vereador. Marcos foi vereador nas Legislaturas de 1993 a 1996 e também nos anos de 2001 a 2004.

Fonte: g1