História de santa encontrada intacta após enchente em Iconha chega ao vaticano

1406

A história da imagem de Nossa Senhora de Fátima que resistiu à força das águas em Iconha ganhou o mundo e foi parar até no Vaticano. A imagem da santa foi encontrada intacta dentro de uma casa destruída pela chuva e a história, exclusiva, foi relatada pelo repórter da TV Tribuna Filipe Chicarino.

A repercussão foi tanta que chegou a ser compartilhada nesta quarta-feira (22) pela Rádio Vaticano. A matéria, feita por uma jornalista brasileira, descreve a história e traz inclusive entrevista com a dona da casa onde a imagem foi encontrada.

“Fiquei emocionado com o contato do Vaticano. Espero que essa história chegue ao Papa Francisco. Quanto mais oração para Iconha, melhor”, declarou Chicarino.

A casa onde a imagem foi encontrada sem nenhum arranhão é da aposentada Eliane Maria Figueira Pinto. Ela e o marido perderam tudo, até o carro. Nem a parede da casa escapou da brutalidade da enchente.

“Quando eu vim ver o estrago de perto, no dia seguinte (sábado), a porta nem abria porque a cama deste cômodo (onde fica a imagem da santa) estava em pé, atrás da porta. Então eu abri a janela. Foi aí que eu e minha nora vimos. Era a Nossa Senhora! Ela e o móvel em que estava ficaram no mesmo lugar, cheio de lama, mas os anjinhos e as imagens menores também estavam do mesmo jeito. Quando eu vi, não acreditei porque ela só estava suja, mas em pé”, relatou Eliane.

De acordo com a aposentada, a imagem tem mais de 100 anos. Antes, pertencia à avó e, há 30 anos, protege a família dela.

Em seu perfil do stagram, Filipe Chicarino afirmou ter sido pego de surpresa com o contato do Vatican News, através de uma jornalista brasileira.

“Pensei: ‘Meu Deus! O vídeo chegou na quebrada do Chico?’ Chegou! E a Rádio Vaticano fez uma matéria linda e emocionante sobre a dona Eliane, a família dela, Fátima e Fé”, afirmou o repórter, que comemorou a participação na publicação do site.

“Quando trabalhava em Aparecida e na Canção Nova como repórter, tinha muiiiiiita vontade de atuar em Roma como jornalista da Rádio Vaticano. Anos depois, minha voz foi sim pra Rádio Vaticano, mas de uma forma que JAMAIS poderia imaginar”, celebrou.

Fonte: tribunaonline