Hartung atende o Gazeta do Norte e retoma obras em São Gabriel da Palha

1345

308No último dia 31 de março de 2016, nossa equipe de reportagem publicou matéria sobre três importantes obras que se encontravam paralisadas em São Gabriel da Palha. As obras em questão é o colégio Estadual São Gabriel, localizada no bairro São Vicente.

A ampliação e reforma do referido colégio precisava ser retomada o mais rápido possível, pois não havia espaço para os alunos, e o local improvisado é muito quente e não tem ventilação. O governador através de sua assessoria tomou conhecimento da matéria neste site e no dia 11 de abril de 2016, ou seja, onze dias após a divulgação as obras foram retomadas.

O governador solicitou da SEDU a retomada da mesma, que, imediatamente resolveu a situação. Na ocasião o prefeito Henrique Vargas (PRP) foi ouvido por este site e solicitou ao governador que olhasse com carinho a respeito das obras paralisadas.

Após retomar a obra do referido colégio, o prefeito Henrique Vargas agradeceu ao governador. O prefeito acredita que o governador dará sequência nas outras obras paralisadas no município. Desta forma, o governador atendeu o Gazeta do Norte.

Vejam a reportagem anterior

Três obras de estrema necessidade estão paralisadas pelo governo do Estado em São Gabriel da Palha. Uma das obras que estão paralisadas é a galeria sobre o Córrego São Gabriel, no bairro Santa Elena.

A obra foi iniciada no governo anterior, mas o atual governador ainda não deu sequência. Uma das preocupações da população, principalmente para quem mora nas proximidades, é em relação ao que já foi feito, que poderá se perder com a ação do tempo, inclusive ferragens estão colocadas em boa parte do trecho. A obra estava orçada em pouco mais de R$ 6 milhões de reais.

Uma das tradicionais praças no centro da cidade, que, inclusive fica em frente ao prédio da prefeitura também está paralisada. Moradores esperam que o atual governo não deixe que a mesma vire um “elefante branco”.

Por último as obras do colégio Estadual São Gabriel, localizada no bairro São Vicente também está paralisada. A ampliação e reforma do referido colégio precisa ser retomada o mais rápido que possível, pois não há espaço para os alunos, e o local improvisado é muito quente e não tem ventilação.

O Ministério Público, inclusive tomou conhecimento de que no local improvisado o calor dentro das salas de aula já chegou a quase 50 graus e alunos chegam a passar mal.

Nossa equipe de reportagem conversou com o prefeito Henrique Vargas, e ele disse, “esperamos contar com a compreensão do governador Paulo Hartung, que ele possa destinar dentro da medida do possível os recursos necessários para que as obras possam ser retomadas”, disse o prefeito.

309-1310900