Governo anuncia reforço militar e ação para contornar à revolta armada da PM

1000

Na manhã desta sexta-feira (10/02/2017), os governadores em exercício e licenciado, César Colnago e Paulo Hartung, respectivamente, estiveram reunidos com o comandante Militar do Leste do Exército Brasileiro, General Walter Braga Netto, e o responsável pelo controle operacional dos órgãos de segurança pública no Estado, general Adilson Carlos Katibe.

Na oportunidade, foi definido o reforço militar com mais 500 militares para atuarem no Estado, totalizando um efetivo de 3500 militares. A reunião foi realizada na Residência Oficial do Governo (Resof), na Praia da Costa, em Vila Velha.

Os novos militares serão utilizados para normalizar o transporte público e serão empregados nos terminais, interior dos ônibus e nas garagens das empresas responsáveis pelo transporte coletivo. Procurador vem ao Estado

Ainda na manhã desta sexta, Hartung conversou com o procurador-geral da república, Rodrigo Janot, que virá ao Estado, neste sábado (11), para discutir com o Governo Estadual, Ministério Público Federal (MPF), Poder Judiciário Federal e Estadual e o Exército Brasileiro metodologia utilizada em outros Estados para por fim a revolta armada promovida pela Polícia Militar (PM-ES).

Serviço à imprensa

Detalhes sobre a atuação do reforço militar devem ser apurados junto ao Exército Brasileiro: Tenente Elisa: 21 99090 8686 Capitão Kirchimair: 27 99984 1691 – Detalhes sobre o modelo proposto pela procuradoria podem ser consultados junto ao Ministério Público Federal (27 3211 6444) e Procuradoria-geral da República (61 3105 6409 / 00). Informações à Imprensa Assessoria de Comunicação do Governo do Estado Leonardo Nunes (27) 9.99445215.