Fundada em 1985, CDL de São Gabriel da Palha celebra 30 anos de fundação nesta sexta-feira 31

518

 

213A expectativa é reunir cerca de 400 pessoas na solenidade que contará com a presença de diversas autoridades. Os fundadores da entidade e o atual presidente da Federação das CDLs do Espírito Santo, Geraldo Magela, serão homenageados na ocasião.

O objetivo da CDL é reunir e debater as necessidades e interesses dos comerciantes. Desde a sua fundação, a entidade troca ideias e informações, buscando desta forma o desenvolvimento e aprimoramento da atividade empresarial lojista.

“Hoje, temos cerca de 260 associados e disponibilizamos vários benefícios como convênios, capacitações e palestras. Realizamos uma média de sete mil consultas por mês, proporcionando uma analise de crédito mais assertiva aos nossos usuários, além de representar o comércio junto aos órgãos do governo”, afirmou o presidente da CDL de São Gabriel da Palha, Pedro Luiz de Azeredo Neto.

História

No final do ano de 1984 empresários gabrielenses, autoridades, membros das Lojas Maçônicas e do Lions Clube se reuniram na Loja Maçônica Estrela de São Gabriel com a intenção de criar uma associação para representar o movimento lojista com a intenção de trocar experiências de suas atividades e informações de seus clientes.

No dia 21 de maio de 1985, a ideia saiu do papel e então nasceu o CDL – Clube de Diretores Lojistas de São Gabriel da Palha. Com o estatuto aprovado, nessa data tomou posse a primeira diretoria tendo como presidente Jair Dionísio Pinto e os seguintes diretores: Jonas Luiz Arrigoni, Rudio Teixeira da Conceição, Waldemar Gonçalves de Carvalho, Nivaldo Bonaparte, José Alves de Moura, Eduardo Glazar, Luiz Antonio Francisco Aleixo e João Tozzi.

Em 1995 o Clube de Diretores Lojistas passou a se chamar Câmara de Dirigentes Lojistas e hoje a entidade é federada à FCDL/ES (Federação das CDLs do Espírito Santo) e confederados a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas). A CDL de São Gabriel da Palha é uma Entidade, sem fins lucrativos, que se destina a promover e assistir o comércio de São Gabriel da Palha.

Fonte: Marcelle Falqueto