Foi grande a repercussão no caso de desvio de dinheiro da Toledo Mineração

5392

5678A Polícia Civil do Espírito Santo na quarta-feira, 14 de maio, deteve na sede da empresa Toledo Mineração, em Barra de São Francisco, os funcionários Francismar Machado Reis e Rafhael Victor Feliciano Lima, suspeitos de fraudarem a empresa. Os acusados foram levados para a Delegacia em Vitória – ES para prestarem maiores esclarecimentos.

A operação contou com a ação da polícia que identificou Francismar e Raphael como participantes de um esquema que fraudava a empresa. Os acusados utilizavam­-se de aparato tecnológico para adulterar e desviar dinheiro utilizando nomes de fornecedores da empresa. No mesmo esquema, pagavam contas pessoais e de pessoas ligadas à família com dinheiro desviado.

Há fortes indícios de formação de quadrilha e a polícia, a partir da confissão dos criminosos, seguirá nas investigações que certamente levarão a mais nomes de pessoas coniventes e ou participantes da ação criminosa.

De acordo com informações da Toledo Mineração, estarão sendo investigados, por terem sido identificados como beneficiários de créditos ou contas pagas em seus nomes:

Da parte de Francismar Machado Reis:

Keila Cristina Machado Reis (irmã);

Hitler (cunhado);

  1. A. Macedo ME de Mantena),

Ramon Fagundes (amigo);

Da parte de Raphael Victor Feliciano Lima:

Valtair Carmo Lima ­ Tatá Despachante (Pai);

Karina Vieira da Silva (Esposa);

Cleide Vieira da Silva (cunhada);

Danilo Antônio Pinto (cunhado);

Júlio Cesar Almeida Silva (funcionário da empresa TOTVS).

Informações enviadas via WhatsApp

Por: Fabiana Hipolito (informeleste)