Filho de ex-presidente da Câmara de Pancas é baleado durante assalto em residência

523
Carlos Schwartz Filho
Carlos Schwartz Filho

A cada dia que passa, a violência vem chegando ao interior com mais frequência, preocupando a todos que viviam na tranquilidade dos pequenos Municípios, Distritos e localidades da zona rural. Na tarde desta sexta-feira (29/05), aconteceu um assalto na residência do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Pancas, Carlos Schwartz, o Carlinhos (PSDB), no córrego Ubá, em Laginha, Distrito de Pancas.

Segundo informações da Polícia Militar e relatos de familiares de Carlinhos Schwartz, o assaltante entrou na residência e foi direto no quarto do ex-vereador, onde estavam sua esposa, Lindaura Tomazini Schwartz e um neto do casal. O assaltante que estava com capacete, já entrou com uma arma de fogo apontando para a Lindaura e o neto.

O bandido, então, viu uma quantia de dinheiro em cima de um móvel do quarto onde de imediato, pegou o dinheiro e mais outros pertences, diante da situação, Lindaura, entrou em desespero e começou a gritar e orar a Deus, o filho Carlinhos Schwartz, estava no banheiro que fica no quarto do casal, saiu para ver o que estava acontecendo, o bandido disparou duas vezes contra ele, acertando a parede.

O jovem Carlos Schwartz Filho, de 29 anos, que estava em seu quarto, veio para saber o que estava acontecendo no quarto dos pais, quando o bandido, assustado, desferiu três tiros em Carlos Filho, atingindo o braço, a perna e o outro atingiu o abdômen.

Após balear a vítima, o assaltante fugiu com o dinheiro e alguns pertences, um outro bandido já o esperava com uma motocicleta CG (vermelha) do lado de fora da residência. Os dois deixaram para trás uma mochila contendo duas camisas, de um time ucraniano (Shakhtar Donetsk).

A vítima foi socorrida pelo pai, que a conduziu a um hospital em Colatina, de acordo com o cunhado dele, o senhor Lucas Vasconcelos, Carlos Filho foi operado na noite desta sexta-feira, onde foi retirado um rim, devido ao ferimento causado por uma das balas. A cirurgia durou cerca de cinco horas. A vítima passa bem e não corre risco de morrer. Dezenas de postagens foram feitas através da rede social Facebook, onde amigos da vítima desejavam uma ótima recuperação para Carlos Filho.

Segundo os PMs cabo Henrique e o soldado Paiva, que atenderam a ocorrência, várias diligências foram feitas na região, mas os assaltantes não foram encontrados, uma viatura da PM de Alto Rio Novo também auxiliou nas buscas afim de prender os bandidos. O caso seguiu para a Polícia Civil, onde o delegado Pedro Castelan comandará as investigações.