Família responsável por traficar em Muniz Freire é detida

127

Um casal de 27 e 32 anos, investigado por tráfico de drogas foi detido, nessa quarta-feira (03), em uma operação conjunta da Delegacia de Polícia (DP) de Muniz Freire e da Polícia Militar (PMES), no Centro de Muniz Freire. A filha da mulher de 32 anos, uma adolescente de 15 anos, também foi apreendida. Ela é investigada por auxiliar o casal no comércio das drogas.

Segundo o titular da DP de Muniz Freire, delegado Bruno Alves, a operação foi planejada e executada após aproximadamente dois meses de investigações. Durante a operação foram apreendidos 23 papelotes de cocaína, 14 buchas de maconha, 13 pedras de crack, 50 gramas de ácido bórico, utilizado para mistura, R$ 848,00 em espécie e seis telefones celulares.

“Os investigados foram alvo de operação policial, no mesmo município, no final de 2019, ocasião em que foram presos preventivamente e ainda respondem ao processo por tráfico de drogas. Com a saída da prisão, voltaram a comercializar drogas e, novamente foram presos, desta vez, em flagrante delito. A adolescente, segundo as investigações, é corrompida pelo casal para auxiliar no comércio de drogas”, disse o delegado.

Ainda de acordo com a autoridade policial, o ponto de venda de drogas funcionava em uma residência há poucos metros de uma escola municipal. “Estava ocasionando forte impacto negativo aos moradores, em razão da intensa movimentação de usuários que vinham comprar drogas”, revelou Alves.

No momento da prisão, havia outras três crianças na residência com as idades de 5, 7 e 10 anos, respectivamente. “Durante a abordagem policial à residência, a mãe das crianças tentou ludibriar os policiais adentrando no banheiro com uma das crianças e com uma bolsa cheia de drogas, mas foi contida e presa”, relatou titular da DP de Muniz Freire.

O delegado avaliou a operação conjunta como exitosa e em razão da presença de crianças e da adolescente em situação de risco, contou com o apoio do Conselho Tutelar do município. “A etapa policial de intervenção social foi cumprida com sucesso, assim como as providências preliminares de socorro e proteção das crianças submetidas a este cenário nefasto. O que nos chama atenção é a vulnerabilidade social desta família, o que irá demandar a ação de outros equipamentos municipais e estaduais para que haja a continuidade do acompanhamento destas crianças e da adolescente, em busca de minimizar os impactos sociais e psicológicos suportados por elas devido à exposição ao contexto criminoso praticado pelos pais. Caso contrário, a probabilidade de no futuro trilharem os caminhos do crime é grande, infelizmente”, pontuou Bruno Alves.

Alves destaca que a participação da comunidade na delação desse tipo de crime é crucial para o combate ao tráfico de drogas no Estado. “Reforçamos também a importância da participação da comunidade local na promoção da segurança pública, sobretudo através do fornecimento de informações e denúncias anônimas, por intermédio do 181 e 190”, frisou.

O suspeito de 27 anos e a mulher de 32 anos foram autuados em flagrante por corrupção de menores, tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, com aumento de pena por praticar nas proximidades de estabelecimento público de ensino e por envolver e atingir criança e adolescente. O casal foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.

A adolescente de 15 anos foi autuada pela prática de ato infracional análogo ao tráfico de drogas. A adolescente, conforme prevê a legislação, foi liberada ao responsável legal e será apresentada ao Ministério Público para análise de eventuais representações pela aplicação de medida socioeducativa.

Texto: Olga Samara