Ex-vereador de Barra de São Francisco, Adilton poderá ter que pagar multa de R$ 31 mil, diz TCES

426

18O Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCES) condenou o ex-vereador de Barra de São Francisco, Adilton Gonçalves (foto), (PMDB), a devolver ao erário municipal a quantia de R$ 31.024,39 (17.128,24 VRTEs), por irregularidades na prestação de contas do seu mandato como presidente do Legislativo francisquenses em 2008.

O acordão do TCES foi proferido diante da análise de um pedido de reconsideração feito pelo ex-vereador ao órgão. Com isso a condenação anterior, cuja multa ultrapassava R$ 40 mil foi reduzida, mas foram mantidas as acusações de práticas irregulares.

Ainda de acordo com o Tribunal de Contas, Adilton cometeu vários erros, como falta de apresentação de orçamento prévio e projeto básico de obras, ausência de controle de ponto e de pagamento de horas extras e contratação de servidor temporário para desempenho de atividade permanente. Adilton Gonçalves ainda pode recorrer da decisão do TCES, mas dificilmente conseguirá reverter a situação.

Por: Weber Andrade