Ex-prefeito Pereirinha deixou município de Barra de São Francisco com finanças arrasadas

2398
Pereirinha deixou município de Barra de São Francisco com finanças arrasadas

A desconfiança sobre as ações do ex-prefeito Luciano Pereirinha (DEM), frente a Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco sempre existiu devido a falta de transparência apresentada durante toda a sua administração.

A obscuridade da administração de Pereirinha persistiu, até mesmo, no período de transição que deveria ser realizado com a equipe formada pela administração atual de Alencar Marim (PT), que viu seus trabalhos prejudicados com a negativa de informações.

Diante das dificuldades, a equipe do atual prefeito Alencar Marim, viu-se obrigada a assumir a prefeitura “às escuras”, realizando os levantamentos da situação financeira e administrativa do município somente após a posse, ou seja, tiveram que trocar o pneu com o carro andando.

Nesse sentido, durante o início dos trabalhos, constatou-se que a situação estava pior do que se imaginava, o que fez com que fosse decretado Estado de Calamidade Financeira no município.

Dessa forma, foi publicado, no Diário Oficial do Estado, edição desta quinta-feira (09/02/2017), o decreto de Nº 100/2017 referente a calamidade financeira do município, suspendendo por 180 dias, prorrogáveis automaticamente por igual período, que veda a realização de quaisquer despesas que dependam de recursos próprios no âmbito do Poder Executivo sem a expressa autorização, salvo a decorrente de determinação judicial.

O decreto também institui o “Gabinete de Crise”, com poderes para intervir em todas as secretarias e promoverem os ajustes necessários, a qual será nomeada regularmente por meio de portaria do Poder Executivo.

Este decreto mostra a total irresponsabilidade com o bem público praticada por Luciano Pereirinha que deixou o município sem condições alguma de gerir suas contas mais básicas.