Ex-chefe da Defesa Civil de Pereirinha denuncia obra fantasma em Barra de São Francisco

393

caps1O ex-vereador Quenidio Dias, o popular Sargento Quenidio (PSB) e ex-chefe da Defesa Civil no governo Pereirinha, está indignado com o que aconteceu com A Unidade do CAPS (Centro de Apoio Psicossocial) situado no Bairro Nova Barra em Barra de São Francisco. A reportagem de Quenidio foi publicada em seu facebook ao qual amanheceu praticamente destruída. Leiam na integra a matéria:

Os infratores ou infrator quebraram a porta de entrada (porta de vidros) que dá acesso ao interior da Unidade e destruíram tudo que foram encontrando pela frente. Destruíram um Ar Condicionado Split Novo, portas e janelas, gabinete de servidor de informática, dentre outros, Todos os equipamentos físicos da Unidade foram retirados (furtados), no local não havia vigia.

A Unidade foi uma obra que se iniciou no governo do ex-Prefeito Waldeles Cavalcante (PSC) e terminada no Governo atual (Luciano Pereirinha) o imóvel foi inaugurado pela municipalidade na Gestão do Prefeito Luciano Pereirinha, inclusive a referida obra ainda não havia sido concluída totalmente.

Sargento Quenidio está revoltado com a situação
Sargento Quenidio está revoltado com a situação

A construção do CAPS se iniciou em 2010, quando o então Governador do Estado “PAULO HARTUNG” firmou convenio com a municipalidade para a construção de um CTT, posteriormente inaugurado como CAPS, na parceria o Governo do Estado construía a Unidade de Saúde, entregava pronta, o município doava o terreno e administraria a Unidade de Saúde.

O recurso gasto no empreendimento ficou por R$ 1.399, 000,00 (UM MILHÃO TREZENTOS E NOVENTA E NOVE REAIS) o serviço de alvenaria mais a mão de obra sem contar com o imóvel (terreno) e os equipamentos físicos. Pode se afirmar que foi gasto aproximadamente R$ 2.000,000,00 (dois milhões de reais). É muito dinheiro público para sair pelo ralo.

Infelizmente o que seria para socorrer o cidadão, transformou em uma obra fantasma, o Projeto social que seria implantado, nunca foi implantado, a depredação do imóvel causou revolta aos moradores dos Bairros Nova Barra, Patrimônio das Moças e vaquejada, pois os mesmos são carentes de projetos sociais, tais como: Unidade de Saúde, Escolas, Creches dentre outros.

O descaso da Administração municipal (Luciano Pereirinha) com o órgão de grande importância como o CAPS, haja vista que seria o órgão responsável para acolher Dependentes Químicos e seus familiares, bem como, tratamento de pessoas com transtornos mentais, acabou facilitando a ação de criminosos culminando com a destruição de parte do imóvel, bem como dos bens moveis.

O CAPS deveria ter sido estruturado e entregue a população para que a mesma pudesse usufruir dos seus serviços. Infelizmente não aconteceu.

As Autoridades responsáveis pelo gerenciamento do CAPS deveriam ter mantido vigilantes no local para garantir a integridade do imóvel. Neste caso a prefeitura de Barra de São Francisco.

No local havia um galão de plástico o qual poderia ter sido utilizado para queimar vários documentos. Foi apreendida uma sacola contendo alguns documentos queimados e encaminhado juntamente com a Ocorrência Policial ao Delegado de Polícia para perícia e apuração de responsabilidades.

Juvenal Calixto em defesa do patrimônio público
Juvenal Calixto em defesa do patrimônio público

O vereador e presidente da carama municipal, Juvenal Calixto comentou o assunto. “Essa Administração (Pereirinha) está irreconhecível (Péssima) e olha que não é por falta de cobrança do legislativo Municipal. Os Vigias são funcionários dessa firma terceirizada e a cada dia somam mais atraso em seus pagamentos. Isso é um absurdo Sargento. Vamos procurar o MP e fazermos essa denúncia juntos, pois se trata de dinheiro Público e Setor Público, tem que ser tratado com Respeito e Seriedade por parte do Executivo Municipal”.

caps caps1 caps2 caps3 caps5