Estudantes de Vila Pavão e Nova Venécia alcançam 980 pontos na redação do Enem

660
Kaylane e Aline por pouco não alcançaram a nota máxima na redação do Enem

As moradoras de Nova Venécia, Kaylane Zuqueto da Silva, 17 anos, e Aline Dalarme Gomes Galvão, 18 anos, conseguiram um grande feito na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem/2019), alcançando a nota 980 na redação, que teve como tema, “Democratização do Acesso ao Cinema no Brasil”.

Kaylane, que é de Vila Pavão, conta que realizou cerca de 50 redações ao ano e foi no Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes-Nova Venécia), que começou a treinar as redações. “A professora Suelem quem me auxiliou nas redações lá no Ifes, depois resolvi terminar o ensino médio mais cedo e estudei no Estadual (Dom Daniel Comboni), lá tive aulas com o professor Sérgio, e ainda cursinho preparatório, onde meu professor foi o Welliton”, fala.

O cursinho pré-Enem feito pela pavoense foi no Axioma, o que impulsionou ainda mais seus estudos. “Tudo contribuiu para que eu alcançasse a nota, não consegui a pontuação para cursar Medicina desta vez, mas vou continuar tentando, é meu sonho. Estudei muito e vou persistir em meus estudos”, fala.

Kaylane é filha do lavrador Valber da Silva, mais conhecido como Bimba e da professora Raquel Aparecida Zuqueto Silva, que moram no interior de Vila Pavão.

Aline, de Nova Venécia, teve a mesma trajetória educacional que a Kaylane, porém, estudou o ensino fundamental na Escola A Ciranda, passando pelo Ifes, Estadual e Axioma.

A estudante é filha da Ana Lourdes Dalarme Gomes e João Galvão Gomes.

Fonte: redenoticiaes