Estudante de Direito de Barra de São Francisco é agredido dentro de ônibus da faculdade

1393

Uma agressão foi registrada dentro de um ônibus de Barra de São Francisco que leva os estudantes para a faculdade em Nova Venécia.

De acordo com informações, no dia 07 de dezembro de 2017, o estudante de Direito Ismael Ferreira Brandão Junior, 20 anos, residente no bairro Irmãos Fernandes, foi agredido fisicamente pelo estudante de Engenharia Darílio Alves, também de 20 anos e residente no Condomínio dos Anjos.

Os estudantes seguiam de Barra de São Francisco para Nova Venécia. Chegando em Vila Pavão ocorreu a confusão. Segundo Ismael, tudo começou após outro aluno oferecer algo para quem tivesse coragem de bagunçar o seu cabelo. O estudante de Direito não gostou da brincadeira e após Darílio tomar iniciativa de bagunçar seu cabelo a confusão começou.

Um vídeo registrado por estudantes dentro ônibus mostra Darílio agredindo Ismael, que sofreu toda a agressão indefeso. Mesmo amigos implorando para Darílio parar de bater em Ismael, a agressão continua, com Darílio tentando enforcar Ismael e depois dando vários socos na cabeça.

Ismael procurou a Delegacia de Polícia e registrou um Boletim de Ocorrência contra Darílio, que já foi intimado para prestar declarações.

A mãe de Ismael disse que a família está traumatizada com tudo que aconteceu e que seu filho é uma pessoa que não tem inimizade com ninguém. Ela espera que a Justiça tome as devidas providências. “Fiquei trêmula quando vi o vídeo com meu filho sendo agredido, qualquer mãe ficaria como fiquei, só quero que este fato seja resolvido pela Justiça”, disse a mãe de Ismael.

Segundo amigos, Darílio também é um jovem calmo, de família humilde e também não tem inimizades.

Não recebi nada para bater em ninguém, não fui procurado por ninguém pra saber o que aconteceu, não fui preso, a foto tirada foi por eu e um amigo na delegacia quando fui tira a segunda via da identidade. Não sou nenhum retardado mental de agredir ninguém atoa. Quem me conhece sabe que não sou esse tipo de pessoa mas pra toda ação existe uma reação! Sinto muito pelo ocorrido, mas já aconteceu e não tem como mudar os fatos. Tudo começou com uma brincadeira infeliz minha mas se a outra parte não tivesse falado o que falou isso não teria acontecido”, disse Darílio.

O delegado de Polícia Dr. Juliano já recebeu a ocorrência. A denúncia será investigada pela Polícia Civil de Barra de São Francisco.