“Estranho”: Prefeitura de Barra de São Francisco faz aquisição milionária de livros paradidáticos no fim da atual gestão

2077

prefeitura-bsfO Diário Oficial do Estado do Espírito Santo desta terça-feira, (08), traz duas publicações de atos da Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco, que através dos procedimentos de inexigibilidade de dispensa de licitação de números 002 e 003/2016 para aquisição de livros paradidáticos.

Por esses processos a Prefeitura pretende adquirir livros junto à Editora Cidadania Ltda – ME no valor total de R$ 1.394.840,00(Hum milhão, trezentos e noventa e quatro mil e oitocentos e quarenta reais).

15032449_993900974049108_1240992436_nO que causa estranheza é que esses livros estão sendo adquiridos no final do ano letivo, os alunos nem terão contato com esse material nesse ano letivo de 2016, o que se pretende na verdade é deixar um amontado de livros que não se sabe a capacidade técnica, pois, nem o Conselho Municipal de Educação foi chamado para opinar sobre as aquisições.

A maioria das escolas municipais está sem merenda, com os pais levando itens alimentícios de casa, falta material de trabalho, telefones cortados, os sistemas de informações das secretarias das escolas não estão funcionando regularmente por falta de pagamento, é no mínimo estranho gastar tanto dinheiro com esses livros no final do mandato.

Outro fato estranho é que se trata da mesma editora que vendeu dezoito mil livros para a prefeitura de Água Doce do Norte. Se houver uma atuação do Ministério Público irá aparecer caroço nesse angu.