Enrolação bacurau: Nem prefeitura e nem empresas prestam informações a CPI do lixão em Barra de São Francisco

1108
Empresas e prefeitura estão sendo comparadas a este bacurau
Empresas e prefeitura estão sendo comparadas a este bacurau

Enquanto funcionários das empresas prestadoras de serviços a prefeitura de Barra de São Francisco (Libra/Ambiental) estão a cerca de quatro meses sem receber seus salários, inclusive, passando necessidades em suas casas e muitos com seus créditos cortados em supermercados ao que parece, as empresas e a prefeitura continuam fazendo hora com a cara da população, tipo “brincar de esconder”.

A Câmara Municipal de Barra de São Francisco, através de seu presidente Juvenal Calixto encaminhou ofício às empresas Libra e Ambiental solicitando informações sobre o contrato firmado entre as empresas e a prefeitura municipal, o ofício da Câmara foi recebido nas empresas no dia de 10 de fevereiro, e desde então a Câmara aguarda respostas.

Um mês se passou e não se tem resposta de nada, continua tudo na “escuridão”, inclusive, representante das empresas informam que estão chegando com todas as informações, mas ela nunca chega e estão sendo comparados com “bacurau”, amanhã eu vou.

O presidente Juvenal Calixto disse na manhã de hoje (12/03/2015), que desde a terça feira estão sendo aguardadas estas respostas, mas a empresa está postergando a entrega dos documentos. Como se vê, está um verdadeiro jogo de empurra-empurra, a prefeitura se nega a prestar informações e as empresas da mesma forma.

De acordo com o vereador Juvenal a Câmara via Plenário convocou o proprietário destas empresas para prestar informações em Plenário no dia 23 de março. Disse ainda o presidente do legislativo que informou também ao Ministério Público local sobre a convocação do empresário e de servidores municipais, sendo o contador e o tesoureiro da Prefeitura.

Ouvido sobre o assunto o vereador Valézio Armani disse que essa situação é inadmissível, que estão brincando com a vida dos funcionários que tem família para tratar, é um absurdo o que estão fazendo com estes funcionários.

Entenda o caso I

Após a confirmação da abertura de uma CPI assinada por cinco vereadores os funcionários das empresas prestadoras de serviços a prefeitura de Barra de São Francisco entraram em greve na manhã desta quarta-feira, 11/03/2015, pois estão sem receber e passando necessidades em suas casas. Os funcionários grevistas estão aglomerados na Praça central da cidade, que fica em frente a prefeitura. Os vereadores que estão do lado do povo e pedindo respeito ao executivo são: Juvenal Calixto, Valézio Armani, Lula Cozer, Zé Valdeci, Carlin da dengue.

Os demais vereadores estão contra a CPI e pode se dizer contra o pagamento dos funcionários, mesmo eles sabendo que a prefeitura não paga as empresas.Os vereadores Antônio Morais e Jessui da Cesan são as maiores decepções, pois se quer tiveram a coragem de se pronunciar a respeito deste desmando ao qual se posicionaram ao lado do “ditador” francisquense e contra a categoria que estão sofrendo. Os demais vereadores aliados do prefeito obedecem ordens do pior administrador de todos os tempos em Barra de São Francisco.

O vereador Valézio Armani que tem se posicionado ao lado da categoria, anda indignado com a situação, ao ponto de postar em seu facebook a seguinte nota: Continua a vergonha em Barra de São Francisco, funcionários da Libra sem receber a 04 meses entraram em greve, alguns relataram que estão se alimentando com ajuda de vizinhos, porque os supermercados não querem mais vender para eles.

Até quando vai durar a dureza no coração desta administração. Não sabemos quem mente mais, se é o prefeito, ou os donos das empresas. Está para ser protocolado na câmara municipal, documentos requisitados, para saber quem realmente está sacaneando com os trabalhadores. Verdadeira vergonha, disse Valézio.

Entenda o caso II

A Câmara Municipal de Barra de São Francisco resolveu comprar “briga” para desvendar a realidade do contrato firmado entre a Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco e as empresas Libra e Ambiental. Na sessão ordinária desta segunda feira, 09/03/2015, foi feita a leitura do requerimento de CPI para investigar os contratos.

O requerimento foi lido e despachado para a Comissão de Justiça, estando o mesmo assinado pelos vereadores José Valdeci, Lula Cozer, Carlinho da Dengue, Juvenal Calixto e Valézio Armani.

Surpresa para muitos foi o fato do requerimento não contar com a assinatura do vereador Jessui da Cesan, justamente ele que por diversas vezes usou a tribuna da câmara municipal para cobrar uma posição por parte da prefeitura e das empresas prestadoras de serviços.

Jessui da Cesan ultimamente tem agido com boné de dois bicos, não sabe onde fica e vive pulando de um lado a outro. Esta atitude de Jessui tem lhe causado desgaste político, pois de acordo com os bastidores da política o vereador tem de ter lado político e sua imagem começa a ficar aranhada perante a sociedade, principalmente entre os eleitores.

Ainda na sessão de desta segunda foram aprovadas as convocações do proprietário das empresas Libra e Ambiental e dos contadores e tesoureiro da prefeitura de Barra de São Francisco para esclarecer sobre os pagamentos feitos a essas empresas.

Grevistas na Praça
Grevistas na Praça