Enivaldo escolhe cantora como secretária de Cultura em Barra de São Francisco

1467

A cantora romântica Israelle Cândido, 33 anos, foi convidada pelo futuro prefeito Enivaldo dos Anjos (PSD) e aceitou assumir a Secretaria Municipal de Barra de São Francisco, a partir de 1º de janeiro de 2021. A. pasta será desmembrada da Educação, conforme votado na sessão desta segunda-feira (21) pela Câmara de Vereadores.

Com isso, já são três nomes anunciados pelo prefeito já diplomado: Administração – Elcimar de Souza Alves, anunciado como “homem forte” da futura gestão; Obras – a arquiteta Marianne Cavalcante, 31 anos; e, agora, Israelle na Cultura.

A nova secretária vai gerir três áreas que mereceram atenção do futuro prefeito em seu programa de Governo: cultura, esportes e lazer.

“Nada como uma pessoa jovem, da nova geração, que entende as novas linguagens das pessoas que mais movimentam essas áreas, para ser a articuladora. Israelle há muito tempo se dedica à cultura e é um nome ideal para dar uma oxigenada na condução da cultura, do esporte e do lazer do município”, disse Enivaldo.

TEATRO

Israelle Cândido assume com a recomendação expressa do futuro prefeito de comandar a construção da Casa da Cultura no prédio adquirido há 30 anos, na primeira gestão dele e que sediou, no passado, o Colégio Comercial da cidade, a viabilização da construção de um teatro no município para incrementar as artes cênicas, bem como incrementar as atividades esportivas, com destaque para os campeonatos amadores municipal e distrital de futebol, a prática do ciclismo, do motocross e do voo livre, bem como as atividades de lazer para todas as idades.

“Estou muito animada, porque nunca me vi fazendo outra coisa a não ser a cultura. Nasci em Mantena por acidente geográfico, pois a cidade não tem maternidade, mas minha família sempre morou aqui, e foi aqui que eu cresci. Recebi convites de sair, mas nunca quis, pois acreditava que minha missão seria mudar a cultura da cidade. Agora, na secretaria, acredito que tenho minha grande oportunidade”, disse Israelle, que também é praticante de jiu-jitsu.

Quando Israelle nasceu, em maio de 1987, Enivaldo estava nos primeiros meses de seu primeiro mandato de deputado estadual e quando ele assumiu a prefeitura, em 1989, ela tinha menos de dois anos. “Não lembro de nada, eu era muito pequena, mas na última campanha eleitoral em todas as casas que a gente entrava as pessoas mais antigas sempre tinham uma palavra boa sobre o modo Enivaldo de governar a cidade e do legado dele. É quase inacreditável que, agora, eu tenho a oportunidade de fazer parte desta nova história”, acrescentou a futura secretária.

Israelle Cândido considera o convite um “desafio estimulante” e anunciou a elaboração de um plano municipal de cultura para tornar Barra de São Francisco uma referência dentro do Espírito Santo. Para ela, a cidade tem um grande potencial cultural adormecido. Ela já atuou como professora de música na Secretaria da Cultura há cerca de dez anos e quer incrementar o setor novamente.

“Tive projetos pessoais aprovados e sei os caminhos para buscar parcerias no Estado e no Governo Federal. Onde houver possibilidades vamos buscar, para que Barra de São Francisco passe a saber o que é cultura”, anunciou.

A cantora só espera que a vacina contra o novo coronavirus chegue logo, para frear a pandemia de Covid-19 e os eventos voltem a ser realizados.