Enivaldo dos Anjos desafia PSB e PCdoB a defenderem governador de acusações

603
Enivaldo dos Anjos

Ex-líder do Governo na Assembleia, o prefeito Enivaldo dos Anjos (PSD), de Barra de São Francisco, criticou a postura dos partidos aliados e desafiou as lideranças do PSB e do PCdoB a defenderem o governador Renato Casagrande (PSB) no episódio do pen-drive que teria as provas de fraudes em recente licitação no Detran, que é dirigido pelo ex-deputado federal Givaldo Vieira, filiado ao Partido Comunista do Brasil. “Estou achando estranho.

Está claro que o episódio está sendo explorado com fins de antecipação das eleições de 2022 pelos aliados da candidatura do ex-deputado Manato, mas o que me causa mais estranheza é que os partidos que usam a estrutura do Governo não defendem o Governo que usam”, disse Enivaldo.

O ex-deputado estadual, que deixou a Assembleia para assumir a prefeitura de sua cidade depois de 30 anos de tê-la governado pela primeira vez, se elegendo com 70% dos votos, chegou a dizer que “as lideranças do PSB e do PCdoB são muito moles e estão deixando o governador sozinho e exposto num momento de crise sanitária, em que ele tem que se dedicar a dar respostas à população, que está morrendo na fila dos hospitais”.

“Se as provas são reais ou não é uma coisa que cabe à polícia e à Justiça decidirem, mas, para além da suposta fraude, o que está havendo é uma tentativa de manchar a imagem de competência do governador com uma denúncia para tentar atingi-lo e prejudicar sua reeleição em 2022. Esse movimento é político e tem que ser tratado politicamente pelos partidos que estão envolvidos, no caso o PSB e o PCdoB”, disse Enivaldo.

Por fim, Enivaldo dos Anjos concluiu dizendo que “o governador pode ser criticado administrativamente, embora eu ache que ele está conduzindo-se muito bem, tanto é que o Espírito Santo continua Nota A na gestão, mas se tem uma coisa que ele não pode ser atacado é na integridade, pois ele é um homem honesto e tem provado isto pela historia dele”.