Enivaldo cria agenda mensal para prestar contas e ouvir vereadores

332

Agenda foi combinada em reunião de cinco horas do prefeito com os vereadores de Barra de São Francisco

Numa reunião que durou mais de cinco horas, realizada esta semana, o prefeito Enivaldo dos Anjos (PSD) recebeu os vereadores da Câmara de Barra de São Francisco, liderados pelo presidente, Lemão Vitorino do Paulista (PSD), para estabelecer uma conexão direta entre o Executivo. No encontro, feito, conforme o chefe do Executivo, “de forma franca e honesta”, os vereadores passaram suas demandas e foi definida uma agenda de encontros mensais.

“Uma vez por mês teremos um encontro com todos os vereadores, um tempo destinado exclusivamente a eles, quando prestaremos contas de nossa administração e falaremos dos ajustes e do que vamos fazer. Vai ser uma conversa franca e direta, sem intermediários”, disse o prefeito Enivaldo dos Anjos.

O presidente da Câmara, Lemão Vitorino, que foi reeleito para seu segundo mandato consecutivo com o triplo de votos que teve em 2016, elogiou a iniciativa: “Precisava dessa união entre o Executivo e o Legislativo, porque os poderes existem para atender à população e fazer o melhor para o município. O prefeito mostrou como está a prefeitura, suas finanças, e como ele quer trabalhar e já mostrou o cronograma de patrolamento das estradas de Paulista e Vermelha e como está sendo feito esse planejamento”.

A Câmara de Barra de São Francisco tem 13 vereadores, sendo que 10 deles foram eleitos por partidos da base que elegeu o prefeito Enivaldo dos Anjos. Entretanto, os três vereadores eleitos fora da coligação já disseram, na posse, que não pretendem fazer oposição. Compõem a Câmara cinco vereadores do PSD, dois do Cidadania, dois do Republicanos, dois do Podemos e, com um eleito cada, o MDB e o PP.

A presidência e a vice-presidência da Câmara é ocupada pelo PSD, com Lemão Vitorino do Paulista no comando e Rafael da Saúde como vice, ficando Leandro Ais (Cidadania) como primeiro secretário e Elivan do Vargem Alegre (Podemos), como segundo secretário completando a Mesa Diretora.