Enivaldo anuncia eleição direta para secretário de Educação em Barra de São Francisco

397

O primeiro passo de mudança radical e que já dá o tom do que o deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) quer imprimir à sua futura administração como prefeito de Barra de São Francisco, a partir de 1º de janeiro, foi dado na manhã desta quarta-feira (2): o anúncio de que o futuro secretário municipal de Educação será eleito pelo voto direto dos profissionais da área nas 32 escolas do município.

De acordo com as orientações iniciais do prefeito eleito, haverá um prazo para inscrição de candidatos, que passará pelo voto da comunidade profissional escolar. Os três mais votados comporão uma lista tríplice, da qual Envialdo dos Anjos escolherá quem vai comandar os destinos da educação municipal.

Tanto a regulamentação quanto as regras do processo eleitoral já foram encomendados à sua equipe de colaboradores, que inclui juristas renomados no Estado e até de fora dele. “São pessoas que sempre me deram suporte e que estão me ajudando na elaboração das políticas públicas. Quem não tem time não consegue disputar um jogo tão pesado quanto esse que vamos enfrentar nos próximos anos”, explicou Enivaldo.

Alguns detalhes já foram alinhavados e discutidos com a equipe que está colaborando com o projeto, coordenado pelo futuro secretário municipal de Administração, Elcimar Souza Alves, escolhido por Enivaldo para ser “o homem forte da gestão”, conforme disse o futuro prefeito ao anunciar o nome.

Elcimar, atual presidente do PSD de Barra de São Francisco, já coordenação a equipe de transição da gestão de Alencar Marim para a de Enivaldo, é professor por formação (Letras/Português), e possui ampla experiência na administração pública: trabalhou no gabinete do próprio Enivaldo na gestão 1989-1992, depois foi nomeado secretário Administrativo da Câmara de Vereadores, onde fez concurso e, em 1995, passou a ser agente administrativo responsável pela Secretaria da Casa até os dias atuais.

As regras da eleição do futuro secretário de Educação serão anunciadas por Enivaldo dos Anjos no dia 30 de dezembro, antes de sua posse dia 1º, que não terá festa, mas será num evento restrito por conta da pandemia da Covid-19.

De acordo com o que já está definido, as inscrições para ocupar o cargo serão feitas até o dia 7 de janeiro e a eleição no dia 15 de janeiro. Os três mais votados formarão a lista tríplice para a escolha do secretário pelo prefeito, que adotará critérios próprios, dentre eles a capacidade de liderar a pasta e de cumprir as metas para a Educação.
“O mandato será de um ano, podendo ser renovado durante os quatro anos de nossa administração. Essa primeira eleição será feita apenas pelos profissionais efetivos da pasta da Educação, mas na primeira reeleição já terá a participação dos votos dos pais de alunos.

Os pais terão um ano para organizar as suas respectivas associações em cada uma das 32 escolas e nossa ideia é que já para a reeleição do secretário cada escola terá um voto do representante dos pais de alunos”, disse Enivaldo.

Segundo o futuro prefeito, o secretário de Educação, escolhido por voto direto, terá total autonomia para conduzir a pasta, desde que cumpra as metas definidas pela administração. “Se não cumprir, faremos as intervenções necessárias para ajuste de rumo, mas nossa intenção é que a educação siga o seu caminho, pois ninguém melhor do que os profissionais da área para definir os detalhes disso”, acentuou.