Enfermeira espancada em Nova Venécia passa por cirurgia

1861
Géssica de Sá Soto foi covardemente agredida durante evento em Nova Venécia

A enfermeira Géssica de Sá Soto, de 25 anos, que foi espancada por três homens em uma festa em Nova Venécia, na região Noroeste do Espírito Santo, passou por uma cirurgia no maxilar, na manhã desta quarta-feira (25).

Com as agressões sofridas no dia 15 de outubro, a vítima teve o maxilar quebrado e perdeu três dentes. Foi necessário esperar o rosto desinchar um pouco antes de passar pelo procedimento cirúrgico. A mãe dela contou que a filha foi operada no Hospital Estadual Roberto Silvares, em São Mateus, e está bem.

“Ela foi operada pela manhã e foi para o quarto por volta das 17 horas. Ela ainda está sob efeito da anestesia e está dormindo. Mas acredito que ela está bem. Amanhã o médico vai conversar comigo para explicar como foi a cirurgia e o estado de saúde”, contou a mãe.

Dois acusados pelas agressões permanecem no Centro de Detenção Provisória de São Mateus. Allender Dona Paixão, de 29 anos, e Braz Veloso Pianissoli, de 24 anos, foram presos no último dia 17. Os dois foram autuados pelo crime de tentativa de homicídio.

Fonte: Gazeta Online