Empresários particulares doam materiais para reforma de creches para salvar Barra de São Francisco

365
Creche
Creche

Para receber os alunos no próximo dia 15 de fevereiro, início das aulas na rede municipal de ensino de Barra de São Francisco, empresários francisquenses estão doando materiais para reformas.

Esse é o caso, por exemplo, dos CMEI’s Raul Tremendão e Dorico Cipriano. Esta decisão dos empresários está sendo muito comentada na cidade, pois, segund se comenta, com esse gesto de grandeza, eles estão salvando Barra de São Francisco. O atual gestor está sendo considerado um fracasso total.

As obras estão sendo feitas com mão de obra de funcionários da prefeitura, mas todo o material usado foi doado por empresários. Essa é uma das maneiras que o município está encontrando para manter os imóveis em bom estado de conservação.

Pelo Programa, pessoas jurídicas doam materiais e realizam obras de manutenção, conservação, reforma e ampliação de prédios escolares, entre outras ações. Em contrapartida, as pessoas jurídicas cooperantes são autorizadas a divulgar, com fins promocionais e publicitários, as ações praticadas em benefício da instituição adotada.

Outras instituições já foram beneficiadas por este programa. A APAE é outro exemplo. As obras também estão em fase final. Outro caso foi a construção do CMEI “Irene Ribeiro da Silva”, no Bairro Cruzeiro, que foi todo construído pelo empresário Jucélio Fortuna, terreno doado pelo Lions Club e que também receberá os alunos no próximo dia 15.

Todas essas obras se tornam, automaticamente, “palanque”, já que o ano é de eleição. Em todas elas é constante a visita de políticos, principalmente alguns vereadores aliados do prefeito que posam para fotos e tentam “aparecer bem”, em obras feitas com dinheiro de empresas privadas.

APAE
APAE