Em três dias de Carnaval já foram registrados 64 casos de afogamentos em Guriri

464

guririO balneário de Guriri, em São Mateus, na região Norte do Espírito Santo, registrou mais de 64 afogamentos durante os três primeiros dias do carnaval. Segundo o Corpo de Bombeiros, desde o dia 18 de dezembro, mais de 400 casos de afogamento foram atendidos pelos bombeiros. Devido ao alto número, as fiscalizações foram intensificadas e 47 guarda-vidas estão dispostos em 11 postos.

Para evitar acidentes como estes, o sargento Santos do Corpo de Bombeiros alertou para que os banhistas tomem alguns cuidados. “Nós pedimos para que os banhistas escolham se banhar próximo aos postos dos guarda-vidas, que peçam informações sobre como está o mar, que cuidem dos filhos, e das crianças de um modo geral. Além de, não ingerir bebida alcoólicas, ou que se ingerirem não caiam ao mar, e que sempre sigam as orientações dos guarda-vidas”, afirmou.

Segundo o sargento, o horário mais perigoso para os banhistas é o da hora do almoço, que se estende das 10h30 às 15h30. Nesse período, o mar está secando, e por isso fica com correntes mais fortes e perigosas.