Ecoporanga: José Barbosa diz que Enivaldo está combatendo um “tumor maligno”

1253
José Barbosa
José Barbosa

O líder comunitário José Barbosa, presidente da Comissão Provisória do PP em Ecoporanga, disse que o deputado estadual Enivaldo dos Anjos é hoje um “patrimônio do povo capixaba”, pelo retumbante trabalho que vem desenvolvendo na Assembleia Legislativa.

“Essa máfia do guincho que ele vem combatendo é um tumor maligno, um câncer que atinge toda a sociedade capixaba”, afirmou. Barbosa elogiou também o presidente do PP, Marcus Vicente e salientou que, com Enivaldo e Marcus Vicente, os prefeitos eleitos pelo PP ou pelo PSD terão sempre um deputado para apoiar as suas demandas.

Ele criticou muito a atual administração do município e disse que o povo está clamando pela volta de Elias Dalcol. “Na época do Elias o município era bem cuidado e a gente estava até pensando em importar alguns urubus, porque eles sumiram”, disse em tom de brincadeira, completando que, “hoje estão até exportando alguns para Barra de São Francisco onde a limpeza pública está deixando muito a desejar”.

Por: Weber Andrade

O líder comunitário José Barbosa, presidente da Comissão Provisória do PP em Ecoporanga, disse que o deputado estadual Enivaldo dos Anjos é hoje um “patrimônio do povo capixaba”, pelo retumbante trabalho que vem desenvolvendo na Assembleia Legislativa.

“Essa máfia do guincho que ele vem combatendo é um tumor maligno, um câncer que atinge toda a sociedade capixaba”, afirmou. Barbosa elogiou também o presidente do PP, Marcus Vicente e salientou que, com Enivaldo e Marcus Vicente, os prefeitos eleitos pelo PP ou pelo PSD terão sempre um deputado para apoiar as suas demandas.

Ele criticou muito a atual administração do município e disse que o povo está clamando pela volta de Elias Dalcol. “Na época do Elias o município era bem cuidado e a gente estava até pensando em importar alguns urubus, porque eles sumiram”, disse em tom de brincadeira, completando que, “hoje estão até exportando alguns para Barra de São Francisco onde a limpeza pública está deixando muito a desejar”.

Por: Weber Andrade