Eco101 marca reunião e moradores adiam fechamento de rodovia

1604
Deputado estadual Enivaldo dos Anjos
Deputado estadual Enivaldo dos Anjos

Depois de mais de três meses de espera, sem nenhuma resposta, a ECO101, concessionária da Rodovia Mário Covas (BR 101), marcou uma reunião para receber, no dia 24, às 14 horas, representantes das comunidades do Juncado, Chumbado, Córrego Rodrigues e Santa Luzia, no município de Sooretama, para tratar da questão do acesso à rodovia estadual que leva a essas localidades.

Com isso, os moradores decidiram suspender a manifestação que estava prevista para ocorrer durante o Feriadão de Tiradentes, quando pretendiam fechar a rodovia, na altura da Reserva Biológica Sooretama, para chamar a atenção das autoridades e da própria concessionária.

A reunião com os representantes foi marcada depois que o deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) discursou sobre a demanda da região, na tribuna da Assembleia Legislativa, na última semana. Na ocasião, o parlamentar disse que a concessionária da rodovia federal estava caminhando a passando largos para ser “a Rodosol da atualidade”, fazendo menção aos questionamentos à empresa que administra a Terceira Ponte de Vitória e a Rodovia do Sol.

“Eles já arrecadaram mais de R$ 300 milhões em sete meses de contrato e não fizeram nada. E a contratação prevê a duplicação de metade dos 430 quilômetros de concessão no Espírito Santo em seis anos”, disse Enivaldo.

Os moradores dos distritos de Sooretama encaminharam ao gabinete do deputado Enivaldo dos Anjos um relatório das dificuldades de relacionamento com a ECO101. Segundo eles, faltam apenas 70 metros para interligar a rodovia estadual, asfaltada pelo Governo do Estado, à rodovia federal e nenhuma sinalização nem iluminação são colocadas no local, gerando prejuízo a quem não conhece a região, além de insegurança, com vários acidentes e assaltos.