Duas pessoas foram mortas a tiros na noite de domingo, 5 em Colatina

1264

Uma mulher de 46 anos morreu vítima de uma bala perdida. O duplo homicídio ocorreu por volta das 11h55 no Bairro Aeroporto, parte alta da Grande São Silvano, zona norte da cidade de 123 mil habitantes.

Uma possível “Guerra de Gangues” na disputa por pontos de vendas de drogas na área pode ter sido a causa das mortes que está sendo investida pela Polícia Civil de Colatina, informa o delegado de Crimes Contra a Vida Fabrício Bragatto. De acordo com testemunhas, dois homens chegaram atirando em uma motocicleta. Um deles de camisa cinza desceu e efetuou vários disparos contra Gustavo.

Gustavo Silva Chieppe, 27 anos presumíveis morreu na hora atingido por sete tiros à curta distância. A vendedora Jania Tesch, 46 anos que estava em uma lanchonete que promovia música ao vivo foi alvejada na altura da costela. Chegou a ser socorrida por populares, mas morreu no Hospital Sílvio Avidos (HSA). Ela morreu por volta das 3h 05 de hemorragia interna.

“Ainda é prematuro dizer que uma briga de quadrilhas causou as mortes. Estamos investigando. As câmaras de segurança da lanchonete MR Lanches estão sendo analisadas pelos detetives. Até agora ninguém foi preso. Gustavo já tinha passagem pela polícia por envolvimento com drogas”, disse o delegado Bragatto. Já soma oito o número de mortes violentas de janeiro a março deste ano.

Nos primeiros dias de março foram registrados três homicídios. Em 2016 31 pessoas morreram assassinadas no município, conforme dados da 15ª Delegacia Regional de Colatina.

Foto: Facebook. Gustavo Chieppe

Fonte: Nilo Tardin