Depois do escândalo do processo seletivo na administração de Pereirinha, professores irão entrar em greve

877

grevePoucos horas depois da divulgação da notícia de possível irregularidades, ou escândalo no Processo Seletivo na área de educação da prefeitura de Barra de São Francisco, os professores prometem não dar trégua e nem arredar o pé na luta pelos seus direitos, pois segundo eles, a categoria não recebe reajuste salarial a três anos e nem o prefeito Luciano Pereirinha (DEM),e muitos menos o secretário de educação Aldair não se manifestam a respeito das reivindicações que são as percas salariais.

Na luta pelos seus direitos e percas salariais, os professores já entraram em ação e estão se movimentando e convocando toda categoria para uma greve geral no dia 03 de fevereiro de 2015. Antes da greve, os professores da rede municipal prometem fazer manifestação neste sábado, 30/01/2015, na feira da cidade a partir das 08h00min. Haverá, inclusive, panfletagem e conscientização da população.

“Nossos salários estão defasados, inclusive, já fizemos de tudo para que o prefeito e o secretário nos atendesse, mas eles não tem dado a minima para nos professores. Como estamos relegados pela administração atual, decidimos então pela paralisação geral no dia 03/02 e a partir deste dia não haverá aula para os alunos da rede municipal de ensino”, avisa uma professora.

“Em assembléia com a categoria e com os sindicalizados resolvemos continuar com nossa luta e reivindicar nossos direitos”, informa outra professora. A categoria quer o apoio de todos os vereadores e de todos os seguimentos da sociedade para que a luta e a reivindicação por parte dos professores sejam atendidas pela prefeitura de Barra de São Francisco.

678