Criança é encontrada acorrentada em cama; mãe e padrasto são presos em MG

208

Um garoto de 11 anos foi resgatado de cárcere privado pela Polícia Militar, nesta sexta-feira (20), em Uberaba (MG). De acordo com o boletim de ocorrência, a criança estava presa a uma cama, com uma corrente de ferro agarrada a seu tornozelo esquerdo e trancada com um cadeado.

A PCMG (Polícia Civil de Minas Gerais) informou que os suspeitos — a mãe do garoto, de 27 anos, e o padrasto, de 29 — foram presos por tortura.

Próximo à criança havia uma mesa e, sobre ela, garrafa com água e frutas. Logo abaixo, um balde que, segundo o menino, seria usado para as próprias necessidades fisiológicas.

A Polícia Militar chegou ao local por meio de uma denúncia anônima feita pelo 181. Os vizinhos ajudaram os militares a resgatar o menino e, finalmente, foi possível retirar a corrente que prendia a perna dele.

A PM fez o registro das imagens da casa e do lugar onde o garoto estava acorrentado.

Todo material foi encaminhado à delegacia de plantão e servirá de base para a investigação. O Conselho Tutelar também foi acionado para prestar apoio à criança.

Os suspeitos foram encaminhado ao Sistema Prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A investigação segue sob sigilo.