Corrupção parece ser generalizada na prefeitura de Barra de São Francisco e pode dar cadeia para envolvidos

1103
Emerson Lima corre o risco de ser afastado do cargo de secretário e de vereador
Emerson Lima corre o risco de ser afastado do cargo de secretário e de vereador

A corrupção parece ser generalizada na atual administração da Prefeitura de Barra de São Francisco. Nas investigações da “máfia da areia” a prática do crime de peculato foi constada, tendo como envolvidos o vereador licenciado Emerson Lima, ocupando atualmente o cargo de Secretário Municipal de Transportes, o mecânico Samuel, servidor municipal, e o cidadão conhecido como “Rodriguinho da Areia”.

O Secretário de Transportes Emerson Lima determinou ao mecânico Samuel que retirasse do caminhão vermelho, que se encontra em desuso no pátio da Secretaria, a caixa de marcha, o diferencial e o eixo dianteiro para que fosse colocado no caminhão de propriedade de “Rodriguinho”.

Para tentar camuflar a tramóia as peças estragadas do caminhão de “Rodriguinho” foram colocadas pelo mecânico Samuel no caminhão vermelho da Prefeitura. A forma de pagamento pelas peças foi a exigência de que “Rodriguinho” fizesse o frete de alguns caminhões de areia para o vereador/secretário Emerson Lima.

O mecânico Samuel cobrou a bagatela de R$ 1.000,00 pelos serviços de troca das peças boas pelas peças estragadas. As denúncias foram encaminhadas ao Ministério Público, que já tomou as providências para conferir a veracidade das denúncias. O envolvido “Rodriguinho” não quer pagar o “pato” sozinho e confessou toda a maracutaia.

O Código Penal prevê em seu Art. 312- Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio: Pena – reclusão, de dois a doze anos, e multa