Contrabando de cigarro e bebidas leva dois para DPJ Barra de São Francisco

948

124Na manhã deste sábado (14/03) por volta das 03h30, a policiais do 11º BPM foram acionados pela PMMG, através do Sgt Edimar, onde os informou que um veículo de marca Gol de cor branca, placas MPA 0805, com dois ocupantes, estariam indo sentido a Barra de São Francisco, e que os ocupantes do veículo provavelmente estariam envolvidos com o tráfico de drogas.

Desta forma, os policiais capixabas fizeram um ponto de bloqueio próximo a fazenda do Sr. Altamiro, no córrego do Miracema, quando interceptaram o veículo informado pela PMMG, sendo os ocupantes do veículo identificados como, Ananias Lino e o filho dele Alexandre Moraes Lino.

Ao averiguar o interior do veículo pode constatar que ali estava sendo feito contrabando de cigarro foi encontrado 1.500 (hum mil e quinhentos) maços de cigarro de marca Broadway, 250 (duzentos e cinquenta) de marca Euro e 30 (trinta) de marca Blitz.

Também foram encontradas os seguintes tipos e marcas de bebidas alcoólica, 12 (doze) litros de conhaque Dreher, 12 (doze) frascos de 500ml de cachaça da Barra, 06 (seis) litros de Gengibre, 06 (seis) litros de paratudo, 12 (doze) litros de Fernet e 04 (quatro) litros de vinho Adega gaúcha, da marca Cardozano, produzidos em uma fábrica em Barra de São Francisco.

Foram encontrados também 84 (oitenta e quatro) isqueiros da marca Bic, 80 (oitenta) embalagens de fumo sabiá, 15 (quinze) documento de pedido de mercadoria num total de R$ 8.118,00 (oito mil, cento e dezoito reais), 13 (treze) notas promissórias preenchidas, somando um valor total de R$ 6.569,00 (seis mil quinhentos e sessenta e reais)

Quando foi perguntado pela polícia sobre a procedência do material, eles informaram que compram em Governador Valadares – MG, mas não conhecem o fornecedor, mas que conhecem a pessoa que traz a mercadoria contrabandeada para eles até Mantena.

Disseram ainda que não possuem notas fiscais da bebida. Ananias e Alexandre foram conduzidos, junto com o veículo gol e toda mercadoria e entregues no DPJ de Barra de São Francisco, e estão agora a disposição da Polícia Civil para as providências cabíveis.

Foto: Simões

123 122