Conheça o perfil dos cinco candidatos à lista tríplice para a Secretaria de Educação

1506

Democratização da escolha do titular da pasta desperta atenção da mídia da capital. Candidatos têm de 26 a 53 anos de idade.

A votação para a lista tríplice visando à escolha do futuro secretário de Educação será quinta, dia 21, na antiga Escola Santa Terezinha

Um dos mais experientes prefeitos dentre todos os que assumiram municípios capixabas no início deste mês, Enivaldo dos Anjos (PSD), de Barra de São Francisco, na região Noroeste do Estado, está despertando a atenção da mídia da capital nos primeiros dias de sua administração, já a partir da inovação na escolha de seu secretariado, que mescla experiência com juventude e quase a metade do primeiro escalão é formado por mulheres.

Mas o que salta aos olhos, agora, é que, se não bastasse, Enivaldo ter ido além, como destacou a coluna Leonel Ximenes, do site Gazeta On Line nesta terça-feira (19), ao deixar em aberto a escolha do titular da Secretaria de Educação e decidir democratizar a indicação, por meio de uma eleição direta.

Nesta quinta-feira, dia 21, das 8 às 17 horas, na antiga Escola Santa Terezinha, os profissionais da educação do município vão às urnas para escolher a lista tríplice da qual sairá o futuro secretário ou a futura secretária de Educação. O processo eleitoral foi definido por Ato do Prefeito, logo nos primeiros dias da administração, e qualquer profissional da área pode concorrer. Os votantes, porém, serão os servidores do quadro da Secretaria Municipal de Educação.

CINCO CANDIDATOS

A eleição mexeu com a categoria e não foi preciso aplicar um dos artigos do edital que a regulamentou, o que previa que, caso não houvesse pelo menos três inscritos, ficaria subentendido o desinteresse da classe e o prefeito poderia escolher qualquer nome. Cinco candidatos se inscreveram. O mais novo deles acabou de completar 26 anos de idade e não aceita ser desqualificado por causa da idade. O mais velho tem 53 anos.

Conheça, agora, quem está disputando os votos dos profissionais de Educação de Barra de São Francisco para figurar na lista tríplice e, depois, convencer o prefeito de que merece ser o indicado para o mandato de dois anos, quando poderá concorrer à reeleição em novo pleito, que deverá ser ampliado para ter também a participação dos alunos através das associações de pais, cuja criação será incentivada pela administração municipal. Os nomes serão apresentados pela ordem alfabética.

DELMA KER

Delma do Carmo Ker e Aguiar, 48 anos, casada, mãe de dois filhos, foi secretária de Educação na gestão passada, do prefeito Alencar Marim (Podemos). Educadora há mais de três décadas, possui experiência em todas as etapas da educação básica, iniciando nas escolas do campo.  Também com experiência na coordenação e professora em nível universitário.

Formada em Pedagogia e História, pós-graduada em Psicopedagogia, Administração Escolar e Gestão Escolar, Delma nasceu em Mantena (MG) e, atualmente, está cursando mestrado. Quer convencer os eleitores e, depois o prefeito a escolhê-la, com plano de trabalho focado na qualidade do ensino público oferecido aos alunos, com metas de curto, médio e longo prazo, alinhadas com as tecnologias do novo momento.

Sua principal bandeira é manter o crescimento dos alunos no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), que em 2018 e 2019 mostrou os melhores resultados do município em todos os tempos. Ela trouxe para Barra de São Francisco a experiência de 12 anos na Secretaria de Educação de Mantenópolis, município vizinho.

LAUCENIR ALVES

Laucenir Alves de Souza e Faria tem 53 anos, nasceu em Barra de São Francisco, e ressalta sua experiência de 27 anos no setor educacional do município, onde exerceu funções de professora, coordenadora, supervisora, diretora e, atualmente, inspetora no município de Mantena (MG).

Sua campanha (sim, a eleição para diretor conta com campanha, feita principalmente nas redes sociais) estabelece como prioridade promover a participação direta de todos os interessados, profissionais da educação, por meio de videconferências, para que ajudem construir decisões democráticas e em sintonia com os interesses da comunidade, tais como creche em tempo integral, avaliação interdisciplinar, capacitação com professor referência e projeto de reforço com alunos do 5º ao 9º ano.

MAGDA REZENDE

Magda de Almeida Rezende, 46 anos, gosta de salientar valores pessoais antes dos profissionais: filha de Maria Isaura de Almeida e Genadio Cardoso, mãe, esposa, irmã, amiga e professora, “tantas são as identidades que nos constituem e nos fazem seres humanos melhores, mais responsáveis e mais zelosos que às vezes nem nos damos conta, são estas identidades que nos fazem estar em várias posições tanto na vida pessoal quanto na profissional”.

Profissionalmente, Magda atua no magistério da cidade de Barra de São Francisco há mais de 25 anos, como professora em todas as modalidades de ensino, tendo sido também diretora escolar e coordenadora pedagógica. Diz que conhece “as dores e as delícias de ser professora e nessa perspectiva da educação com oa relação entre seres humanos”, é que se apresenta como candidata.

MARILSON BORJAILLE

Marilson Gomes Borjaille, 48 anos, é nascido em Barra de São Francisco. Possui Licenciatura Plena em Pedagogia – Supervisão e Orientação, com pós graduações em Inspeção Escolar; Gestão de Recursos Humanos; Gestão Pública; Planejamento, Implantação e Gestão da Educação EAD; Educação para as Unidades Prisionais. Atualmente, começou uma segunda licenciatura, em Sociologia.

Dedica-se à educação desde 1991, com 15 anos na Superintendência Regional de Educação. Atuou na Secretaria de Justiça no setor educacional da Penitenciária de Barra de São Francisco, onde, em 2014, recebeu o troféu de 1º Lugar em Atitudes Humanista/Educação em sua primeira edição por realizar as atividades educativas na Unidade Prisional.

Atuou também como Coordenador Pedagógico de uma Universidade Particular da cidade. Nos últimos três anos, é pedagogo na Escola Governador Lindenberg (no próprio município) e também na penitenciária regional. Sua proposta baseia-se em recuperar o tempo perdido com a pandemia e aproximar ainda mais a família da escola.

MATEUS MOREIRA

A lista fecha com o mais jovem concorrente à lista tríplice: Mateus Moreira Dias, que completou 26 anos no último dia 18 e se apresenta como pedagogo e matemático. Cresceu no distrito de Cachoeirinha de Itaúnas, onde estudou até a 8ª série. Teve que fazer o Ensino Médio no distrito de Santa Luzia, no município vizinho de Mantenópolis, onde diz que se apaixonou pela área educacional e optou por ingressar no ensino superior.

Foi bolsista do ProUni no curso de Pedagogia (2012-2016) e, em 2017, concluiu a segunda graduação, na área de sua paixão: Matemática. Desde o ano de 2013 atua no suporte ao Ensino Superior na instituição Unopar, no polo de Barra de São Francisco, atuando em atribuições administrativas e pedagógicas.

Mateus Foi professor de Matemática para os anos finais do Ensino Fundamental no Centro Educacional São Francisco de Assis nos anos de 2018 e 2019 e desde 2020 é coordenador acadêmico na Universidade Pitágoras UNOPAR – polo Barra de São Francisco. Ele admite que a idade é um fator que o coloca em desvantagem em relação aos demais, mas não aceita essa limitação.

“Muitos consideram que não tenho chances devido a pouca experiência. A verdade é que os recém-formados ou com baixa idade raramente tem oportunidade de demonstrar sua capacidade, visto que em sua maioria os processos levam em conta o papel, o diploma, e priorizam a idade, mas me atrevo a colocar o sistema à prova. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação prevê que o processo avaliativo deve priorizar a avaliação qualitativa e não a quantitativa”, filosofa.

E Mateus arremata: “Coloco-me à disposição para ajudar no crescimento educacional do município, traçando ideias inovadoras e programas educacionais que possam elevar o aprendizado de nossos alunos e colocar a Educação Municipal a níveis nacionais. Todo esse processo precisa ser realizado coletivamente e para isso gostaria de contar com a capacidade e colaboração dos profissionais de Educação do nosso município”.

Por tudo isso, dá para acreditar que o prefeito Enivaldo dos Anjos vai ter um bom desafio pela frente para escolher, entre os três mais votados, aquele que, no dia 27 de janeiro, será anunciado como o secretário municipal de Educação de Barra de São Francisco pelos próximos dois anos.