Comandante da PM alerta para ações de segurança no comércio de Mantena

561

 

Capitã Carla
Capitã Carla

A Comandante da 159ª Cia/PM, Capitã Carla, emitiu um comunicado pelas Redes Sociais conclamando aos comerciantes de Mantena a buscarem maiores proteções de segurança em suas lojas e comércio em geral.

Prezados comerciantes, Vamos ter persistência no nosso projeto. Já tivemos uma redução no número de roubos e agora precisamos agir para reduzir os arrombamentos. Para o sucesso do nosso projeto, todos precisam participar por meio de trocas de informações, atenção às pessoas suspeitas e adoção de medidas para sua própria proteção, bem como de seus vizinhos.

Prevenir é melhor, mas, cada integrante da Rede terá papel de colaborar com a sua própria segurança e a do seu vizinho. As câmeras têm ajudado na identificação de infratores, contudo, fiquem atentos à qualidade das imagens.

As portas de vidro devem ser reforçadas o mais breve possível, pois, são frágeis e estão sendo abertas com facilidade. Alarmes sonoros devem ser testados, inclusive com acionamento no celular do proprietário. As portas estão sendo abertas porque fica uma greta entre a fechadura e a parede, coloquem um suporte para dificultar, concluiu.

Rede de Comerciantes Protegidos declaram guerra contra arrombamentos noturnos em Mantena

950A parceria que está apenas começando entre a Polícia Militar e o comerciante de Mantena sofreu um grande abalo nesta semana, quando, mais uma vez, um menor infrator que já vem atuando na cidade, arrombou um Casa Lotérica, foi preso e duas horas depois estava solto pelas ruas. Comerciantes desesperados e indignados se manifestaram pelas Redes Sociais.

Desde que aconteceu o arrombamento e o furto de mais ou menos 200 reais na Casa Lotérica em Mantena realizado por um menor infrator e capturado logo em seguida pela Polícia Militar, uma série de comentários, na maioria realizado pelos comerciantes locais mostraram a insatisfação com o sistema judiciário do Brasil que tem dado facilidade aos menores para agirem e logo serem libertados voltando a atacar até os mesmos pontos que antes que cometeram o delito, furtando ou roubando, indignados os comerciantes destacaram alguns pontos e alguns cansados da situação caótica visualizam até mesmo atitudes que não condiz com as leis, na maioria dos comentários um pedido de socorro e soluções pelo problema que tem se tornado como círculo vicioso na cidade.

Uma das possibilidades levantadas é quanto a ação do Ministério Público da Comarca, se a Promotoria tem como agir e levar este menor para um centro educacional obrigatório. Outra solução foi para que a instalação das câmeras de filmagem propostas pelos comerciantes tenha uma agilidade maior já que as compras das câmeras e aparelhagem já foram autorizadas e podem ajudar na investigação dos fatos que vem acontecendo bem como na consequente prisão do indivíduo que estejam cometendo tais delitos.

O menor infrator que cometeu o arrombamento e o furto na Casa Lotérica foi rastreado e preso pela Polícia Militar e duas horas depois já se encontrava solto pelas ruas de Mantena, tudo isso deixou alguns comerciantes enfurecidos com o sistema “Isso é uma brincadeira, depois querem que colocamos mais câmera, o ladrão está solto e o dinheiro foi devolvido?”, pergunta um comerciante. “Ta passando de a hora de alguém acertar ele hein, depois vão querer prender um cidadão de bem, vai anotando ai, fica a dica”, devolveu um outro.

Um dos comerciantes ainda foi além e sinalizou “Sem chance de devolver o dinheiro, sabe o que vai acontecer, vai amanhecer morto qualquer dia desses, vergonha esse cara vim para Mantena e viver dessa forma. Revoltante. Essas coisas acabam dando brecha para criar grupo de extermínio. Porque trabalhamos, lutamos todos os dias, estamos tentando todo momento educar nossos filhos, o comércio não está bem, ai vem um bandido e deita e rola, parei viu, bandido bom é bandido morto. Perdão, falei”, finalizando.

“É difícil, nós é que somos prisioneiro deles”. “Fico pensando que incentivo tem o policial que fez a prisão ver o bandido na rua, todo trabalho em vão”.

Diante dos fatos a parceria entre os comerciantes e a Polícia Militar continua forte, eles não cruzaram os braços e os adesivos e placas da Rede Comerciantes Protegidos estão sendo produzidos para serem usados no comércio local.

O menor que vem atuando tem se tornado mestre em arrombamentos e conseguiu o feito de arrombar cerca de seis cadeados da porta da frente de uma padaria “Nunca tinha visto isto na minha vida, o cara estourar seis cadeados do lado de dentro da porta. Estamos fazendo papel de palhaço, vigia, vigia vagabundo para nada, PM trabalha e vagabundo fica rindo da nossa cara”; “Ele quebrou os vidros e então estourou os cadeados e empenou a porta toda”.

Diante da falta de estímulos e incerteza da punição do menor infrator, uma autoridade requereu a unidade e a continuação da parceria com a Polícia “Convido os amigos comerciantes a continuarem a acreditar que nossas ideias vão dar resultados positivos, precisamos acreditar mais na união dessas múltiplas inteligente. Acredite, não desanimem. O índice de roubos e furtos durante o dia na área central está reduzido, precisamos encontrar a ferramenta certa para lidar com a situação dos arrombamentos a noite, não desanime na primeira etapa, estamos apenas começando o Trabalho em Rede. Temos uma PM preocupada com o bem-estar de todos e um povo capaz de escrever uma história muito melhor. Não desamine ninguém, nem se desanime, ACREDITE, estamos juntos REDE DE COMERCIANTES PROTEGIDOS”, finalizando.

940