Com uma facada no peito, Genilson Ramiro morre esfaqueado em Pancas

1949

Um homem foi assassinado por volta das 20h40 desta terça-feira, 23/01, em frente na Rodoviária João Ferreira Dutra, no centro de Pancas. O local possui alguns bares e também é bem frequentado durante o período noturno.

Segundo a Polícia Militar, durante um Patrulhamento Tático Motorizado da Força Tática (o antigo GAO), os policiais receberam uma informação que uma pessoa estava sendo esfaqueada no local citado.

Ao chegarem ao local, os PMs constataram que a vítima, Genílson Ramiro da Silva (foto), 37 anos, estava caída no chão ensanguentada e dois suspeitos do crime tentaram empreender fuga. Ainda de acordo com a PM, Jovaldino Nascimento, o Jó, de 40 anos, e seu irmão, Carlos Nascimento, o Cacau, 32, foram detidos, imediatamente, pela Força Tática e também pela guarnição de plantão.

A faca usada no crime foi apreendida no local junto com os suspeitos. Segundo testemunhas que foram ouvidas pela PM, Cacau “chegou dando socos em Genílson, jogando-o no chão”. Logo em seguida, segundo informações repassadas à Polícia Militar, Jó desferiu golpe de faca no peito da vítima.

Posteriormente, a vítima foi levada por uma ambulância ainda com vida para o PA de Pancas, onde veio a óbito logo em seguida. O corpo de Genílson será encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Colatina, para os procedimentos cabíveis.

Jó e Cacau foram encaminhados à 15ª Delegacia Regional de Colatina, para serem autuados em flagrante delito pelo delegado plantonista.