Com capixaba Richarlison na lista, Tite convoca seleção para Eliminatórias

165
Tite, técnico da Seleção

Mais de seis meses depois de anunciar a primeira lista de convocados da seleção brasileira em 2020 para o início das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que foi adiado por causa da pandemia do novo coronavírus, o técnico Tite revelou nesta sexta-feira, no auditório da sede da CBF, no Rio de Janeiro, os nomes de 23 jogadores para as partidas contra Bolívia e Peru, que foram remarcadas para outubro.

A seleção brasileira vai estrear nas Eliminatórias contra a Bolívia, na Neo Química Arena, em São Paulo, no dia 9. Esse confronto, inicialmente em março, estava marcado para a Arena Pernambuco, no Recife. Pela segunda rodada, logo na sequência, no dia 13, o time comandado por Tite terá pela frente o Peru, em Lima.

Nesta convocação, dois jogadores receberão as suas primeiras oportunidades na seleção brasileira. A grande novidade é a presença de Gabriel Menino, do Palmeiras, que foi chamado como lateral-direito por Tite. O outro que estreará é Bruno Guimarães, do Lyon, que já havia sido chamado para a equipe principal na Data Fifa de março. Os dois têm passagens pelas categorias de base da seleção.

Da lista de convocados feita em março, quando Tite chamou 24 jogadores, são sete mudanças para a divulgada nesta sexta-feira. No gol, Alisson, recuperado de lesão, e Santos, do Athletico-PR, entram nos lugares de Ederson, do Manchester City, e Ivan, da Ponte Preta. Na zaga, convocou Rodrigo Caio, do Flamengo, e tirou Eder Militão, do Real Madrid.

As duas laterais tiveram alterações. Na direita, Gabriel Menino está na vaga que era de Daniel Alves, do São Paulo, e Alex Telles, do Porto, na de Alex Sandro, da Juventus. No meio de campo, Douglas Luiz, do Aston Villa, voltou a ser lembrado e ocupa o lugar de Arthur, agora na Juventus. No ataque entrou Rodrygo, do Real Madrid e saíram Gabriel Barbosa e Bruno Henrique, ambos do Flamengo.

Assim como fez em março, Tite convocou Gabriel Jesus. O atacante do Manchester City vai cumprir o seu último jogo de suspensão na estreia nas Eliminatórias – “gancho” sofrido em razão da final da Copa América – mas poderá jogar contra o Peru.

No retrospecto geral contra os bolivianos são 21 vitórias brasileiras, quatro empates e apenas cinco derrotas, com 99 gols marcados e 25 sofridos. Já contra os peruanos são 32 triunfos, nove empates e as mesmas cinco derrotas, com um total de 91 gols marcados e 31 sofridos.

Confira a lista de convocados da seleção brasileira:

Goleiros – Alisson (Liverpool-ING), Santos (Athletico-PR) e Weverton (Palmeiras);

Laterais – Danilo (Juventus-ITA), Gabriel Menino (Palmeiras), Alex Telles (Porto-POR) e Renan Lodi (Atlético de Madrid-ESP);

Zagueiros – Thiago Silva (Chelsea-ING), Marquinhos (Paris Saint-Germain-FRA); Felipe (Atlético de Madrid-ESP) e Rodrigo Caio (Flamengo);

Meio-campistas – Casemiro (Real Madrid-ESP); Fabinho (Liverpool-ING); Bruno Guimarães (Lyon-FRA); Douglas Luiz (Aston Villa-ING); Philippe Coutinho (Barcelona-ESP) e Everton Ribeiro (Flamengo);

Atacantes – Gabriel Jesus (Manchester City-ING), Rodrygo (Real Madrid-ESP); Neymar (Paris Saint-Germain-FRA); Everton (Benfica-POR), Roberto Firmino (Liverpool-ING) e Richarlison (Everton-ING).

Fonte: folhavitoria