Cobrança de taxa de abastecimento de água é proibido nos distritos de Barra de São Francisco, exceto Paulista

229

Para quem não sabe, o prefeito Enivaldo dos Anjos (PSD), tomou uma decisão logo após assumir os destinos do município, que o de enviar para a Câmara Municipal um projeto lei criando o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), de Barra de São Francisco, e decidiu proibir qualquer cobrança de taxa de água em todos os distritos do município, exceto Paulista, que é atendido pela Cesan.

De acordo com o prefeito, na maioria dos distritos, as associações de moradores faziam a cobrança de uma taxa, que era usada para comprar insumos.

Além disso, o município paga também pela energia consumida no serviço

Com o objetivo de oferecer uma água mais saudável e de melhor qualidade para os moradores dos distritos de Barra de São Francisco, a secretaria de Serviços e Limpeza, através do subsecretário Oseias Eletricista, envia dentro do prazo estabelecido para os distritos produtos para tratamento da água que chega as residências da população por solicitação do prefeito Enivaldo dos Anjos.

De acordo com Oseias, ele vem acompanhando de perto diariamente o serviço de capacitação com os operadores de estação de tratamento de água dos distritos.

“Realizamos a troca de produtos, que antes era sulfato liquido e hoje estamos usando o sulfato granulado, que não faz mal à saúde das pessoas”, disse o prefeito.

Outra importante ação por parte do prefeito Enivaldo dos Anjos, foi a aquisição com recursos próprios três caixas d’água para realizar melhorias no abastecimento dos distritos de Vila Palmares, Vila Monte Sinai (Vermelha) e Farinheira em Vargem Alegre.

Essas comunidades a anos reivindicavam melhorias para ter uma água de qualidade para consumo entre outras utilidades e ao mesmo tempo armazena-las para durar mais tempo e não ficar sem ela como vinha ocorrendo com frequência.