Chuva mata morador e deixa quase mil desabrigados em Resplendor

801

006Corpo de um cadeirante foi localizado nos escombros de uma casa.  Cerca de 60% dos moradores do distrito de Nicolândia estão desabrigados.

Quase mil moradores de Nicolândia, distrito da cidade de Resplendor (MG), ficaram desabrigados depois das fortes chuvas que cairam no local neste fim de semana. Cerca de 60% dos moradores da comunidade, de aproximadamente 1600 habitantes, estão desabrigados. Segundo a Defesa Civil, o corpo de um cadeirante foi localizado neste sábado (19) em meio aos escombros de uma casa que foi arrastada pela enxurrada.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer as famílias desabrigadas, mas, segundo os militares, a queda de uma ponte que dá acesso ao vilarejo está dificultando os resgates. A BR-259, principal via que liga o distrito a Resplendor, ficou parcialmente interditada e tem dificultado a chegada dos bombeiros ao local.

Quedas de barreiras interrompem parcialmente acesso a distrito

Desde a última sexta-feira (18), a Defesa Civil de Resplendor está empenhada nas vias que ligam a cidade à Nicolândia. Na estrada vicinal do município, duas barreiras desmoronaram. De acordo com a Prefeitura Municipal, o deslizamento de terra foi provocado pelas intensas chuvas que caem na cidade desde quinta-feira (17).

A estrada possui cerca de 48 km, a maior parte sem asfalto. Segundo a Defesa Civil, o trecho próximo ao distrito de Bom Pastor já foi liberado. O restante do percurso segue impedido pela queda das barreiras, e as chuvas têm dificultado a limpeza da estrada. Além da equipe de oito homens da Defesa Civil e Secretaria Municipal de Obras, voluntários de fazendas vizinhas ajudam nos trabalhos.

Outra estrada, que passa pelos municípios de Pancas e Colatina, ambas cidades do Espírito Santo, também dão acesso ao distrito de Nicolândia. A Defesa Civil não soube estimar a distância pelo percurso alternativo. A estrada vicinal que liga Nicolândia a Resplendor, até o final deste sábado, permanecia parcialmente interditada.

007