Chuva forte provoca alagamentos e quatro famílias desalojadas em Colatina

915

chuva-4A cidade de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, registrou várias ruas inundadas por causa do grande volume de chuva que caiu no município durante a madrugada desta quarta-feira (23). A água invadiu ruas no bairro Carlos Germano Naumann e fez transbordar o córrego que atravessa o bairro São Silvano O bairro Maria da Graça também foi atingido.

O sargento Sandro, da Defesa Civil Estadual, que atua em Colatina, informou que também foi registrado alagamento no bairro São Vicente. “Por causa da grande concentração de água, as aulas de uma escola próxima a uma galeria no bairro foram suspensas, para não causar riscos para as crianças”, disse.

O sargento Sandro explicou ainda que equipes da Defesa Civil Municipal estão trabalhando para resolver os problemas causados pela forte chuva. No bairro Carlos Germano Naumann, além dos alagamentos, o muro de uma residência caiu, mas não há informações sobre feridos.

“Todo o trânsito fica prejudicado quando o córrego transborda depois que chove. Até as nossas viaturas têm dificuldade de passar por ali”, disse.

Dezenas de ocorrências de inundações foram registradas pelo Corpo de Bombeiros de Colatina. Em São Silvano atrás do Posto Ipiranga os moradores tiveram que deixar a moradia somente com roupa do corpo. Um deslizamento de terra soterrou parte da casa e os moradores foram abrigados por vizinhos.

Um casal de idosos ficou ilhado em casa no Bairro Carlos Germano Naumann sendo removidos pelos bombeiros. Ninguém ficou ferido. A lama também tomou conta das ruas do Bairro 15 de Outubro causando transtornos aos moradores.

O Corpo de Bombeiros não registrou ocorrência de risco de vida na área urbana da cidade. No São Marcos uma moradores ficou desabrigada assim que parte do telhado da casa caiu na Rua Anchieta onde seis pessoas morreram durantes a tragédia das fortes chuvas de dezembro de 2013.

O trânsito fica prejudicado quando o córrego transborda depois que chove. “Até as nossas viaturas têm dificuldade de passar por ali”, informou o sargento Sandro da Defesa Civil de Colatina.

chuva-6 chuva