Central de Minas “virou rota do crime” e motoqueiro comete mais um assassinato

859

66 A violência continua e não dá trégua no Município de Central de Minas, outra vez duas pessoas de moto dispararam e fizeram mais uma vítima. O prefeito Genil Mata, que é também o atual Presidente da ASSOLESTE começou uma grande luta junto as autoridades estaduais clamando pela falta de segurança no Município.

Nesta terça-feira, (24/02), por volta das 13h30min aconteceu mais um ato violento ceifando a vida de um jovem conhecido de todos na cidade, trata-se do Juninho Garrucha.

Segundo informações de populares, tudo começou perto da ponte em frente um bar no final da Rua Coimbra; desconhecidos em uma moto dispararam vários tiros no jovem Juninho, antes de cair o mesmo ainda caminhou para Rua Martins e não suportando os ferimentos morreu na calçada da rua.

A Polícia Militar de Central de Minas chegou ao local preservando a cena do crime para uma perícia técnica e posteriormente remoção do corpo para o IML – Instituo Médico Legal de Governador Valadares.

Familiares e amigos estiveram no local protestando contra a falta de segurança que nos últimos meses tem assolado Central de Minas, que está se transformando em um verdadeiro palco de violência acontecendo sucessivamente roubos, furtos e crimes.