Casagrande, Max e Ferraço podem se unir contra Hartung

674

RC E FerraçoA possibilidade de alguns aliados do atual governador Paulo Hartung (PMDB), se juntarem em torno do seu principal adversário, o ex-governador Renato Casagrande (PSB), voltou a ser debatida essa semana em Brasília, por conta das eleições municipais.

O senador Ricardo Ferraço e o deputado federal Max Filho, ambos do PSDB, tem projetos políticos que convergem com os de Casagrande, candidato a cargo majoritário em 2018.

Ferraço é, a princípio, candidato à reeleição. A possibilidade do governador Hartung concorrer novamente a reeleição foi uma das razões que levaram Ferraço a sair do PMDB.

Já Max Filho tem avaliado a possibilidade de seguir o mesmo caminho, ou seja, buscar uma candidatura majoritária. Isso o levaria a não concorrer à prefeitura de Vila Velha este ano, fato praticamente certo.

Casagrande e Ferraço para o Senado e Max para o governo? Quem entende de política vê nessa chapa a única possibilidade de derrota de Hartung.

A esse grupo de resistência aos desmandos do imperador, poderiam se juntar outros tucanos do grupo não alinhado ao vice-governador César Colnago.

Já Magno Malta sinaliza que não será candidato a reeleição. Mesmo assim tem sido frequentes as conversas dele (o senador gospel) com aliados de Hartung. Magno estaria sendo levado a integrar a frente anti Luciano Rezende em Vitória.

E a senadora Rose de Freitas (PMDB) e o deputado federal Sérgio Vidigal (PDT), dois dos políticos do ES comprovadamente bons de voto?

Vidigal sendo eleito prefeito da Serra passa a ser cabo eleitoral de peso em 2018.  Já Rose – que só tem o caminho do governo – não tem nada a perder porque estará no meio do mandato.

O que se percebe, no entanto, é que Hartung terá muito mais adversários em 2018 do que gostaria. A fila tem que andar.

Cidades onde Casagrande foi mais votado que Hartung

Alto Rio Novo – Barra de São Francisco – Ecoporanga – Serra- Viana – Vila Velha – Castelo

Em Vila Velha, Serra, Alto Rio novo e Barra de São Francisco a disputa foi acirrada entre os dois candidatos. Nesses municípios, Casagrande venceu com uma diferença de três pontos percentuais ou menos.

Em Barra de São Francisco, na região Norte do estado, a diferença entre os dois candidatos foi de apenas 108 votos.

Já em Viana, Castelo e Ecoporanga, Casagrande venceu com folga. Chegou a ter mais de 40% dos votos.

Em Ecoporanga, município onde foi mais votado, Renato Casagrande chegou a ter 46% dos votos válidos. Mas isso são águas passadas.

Fonte: Agência Congresso