Carlinho da Dengue reclama de abandono de seu distrito, ele que atuou até de coveiro

665
Vereador Carlin da Dengue
Vereador Carlin da Dengue

O reflexo de uma administração desastrosa, sendo, inclusive, considerada uma das piores de todos os tempos, tendo no comando do executivo municipal o prefeito Luciano Pereirinha (DEM), vem ganhando até o desanimo por parte de vereadores aliados do prefeito na câmara municipal de Barra de São Francisco.

A prova desta fracassada administração aconteceu na sessão daquela casa de leis nesta segunda feira, 09/11/2015. Primeiro o líder do prefeito, vereador Wilson Pinto das Mercês, o Mulinha ficou em silêncio diante das denúncias de outros parlamentares contra o prefeito e secretários municipais.

Quem também demonstrou descontentamento com a situação caótica em que vive o município, através de seu administrador foi o vereador Carlin da Dengue (PROS), ele foi enfático ao dizer que alguns secretários municipais, não tem dado a devida atenção ao seu distrito, Cachoeirinha de Itaúnas.

“Meu distrito de Cachoeirinha do Itaúnas, necessita de uma maior atenção, por parte de alguns secretários municipais. O produtor de minha localidade tem de esperar por muito tempo por máquinas e serviços, enquanto que os equipamentos são alocados para serviços particulares”, disse Carlin.

Vale ressaltar, que os secretários seguem as ordens do prefeito, então as criticas deveriam serem feitas ao executivo, que tem deixado a desejar em todas as áreas.

Sobre segurança pública, Carlin da Dengue criticou a falta de policiamento na localidade. “O meu distrito está à mercê dos bandidos”, disse, citando, inclusive, citando o caso da localidade de Santa Luzia, onde os constantes roubos de gado tem tirado o sono de muitos pequenos produtores. Neste sentido, pediu para que a Câmara Municipal envie oficio ao comandante do 11º Batalhão da PM, para que seja tomada medidas de conter tais abusos de forma imediata.

Dengue também reclamou da falta de empenho de alguns secretários municipais que não atende aos pedidos feitos pelos vereadores. Justificou que o vereador é quem sempre é cobrado e não o secretário e que mais uma vez, a limpeza de Cachoeirinha do Itaúnas precisa receber mais atenção.

Citou o exemplo do Dia de Finados, quando os familiares foram ao cemitério visitar os túmulos de seus entes queridos e que lamentavelmente o mesmo se encontrava sem manutenção de limpeza, deixando indignados quem ali compareceu.

Recentemente o vereador Carlin da dengue estava abrindo cova no cemitério de seu distrito para que uma pessoa da localidade fosse sepultado. Segundo ele, não havia funcionário (coveiro) para executar o trabalho.