Câncer de mama: atendimento de mulheres em tratamento diminuiu 75% durante pandemia

50

A pandemia da covid-19 tem sido desafiadora para pacientes oncológicos e para aqueles que buscam o diagnóstico da doença. A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) alerta para a queda de atendimentos em hospitais do país das pacientes em tratamento do câncer de mama.

De acordo com o levantamento da SBM, a queda nos atendimentos de mulheres em tratamento da neoplasia mamária, nos meses de março e abril esteve, em média, 75% abaixo em comparação ao mesmo período do ano passado.

Para o mastologista Cleverson Gomes do Carmo Junior, a situação é preocupante. “As mulheres diagnosticadas com câncer de mama e que estejam em tratamento, principalmente quem realizou cirurgia recente e está passando por sessões de quimioterapia e radioterapia, precisam, sim, redobrar os cuidados para evitar contaminação pelo coronavírus. No entanto, vale ressaltar que as pacientes não devem interromper o tratamento por conta própria. É preciso consultar a equipe médica responsável pelo caso para a tomada de decisão acerca da interrupção ou não do tratamento durante este período de distanciamento físico”, reforça o especialista.