Caminhão atropela mulheres e destrói viaturas policiais em Pancas

681

Um caminhão carregado com sacas de café, desgovernado desceu o Morro do Eucalipto, localizada na rodovia ES 164, atropelou três pessoas, uma delas morreu. O caminhão destruiu três viaturas da polícia militar e invadiu uma floricultura em Pancas, interior do Espírito Santo.

O acidente ocorreu por volta das 19h30 desta terça-feira, 14/08/2018, e deixou o centro da cidade sem energia. Os funcionários do Pronto Atendimento de Pancas, médicos e enfermeiros de folga que realizaram os primeiros socorros e auxiliaram no resgate dramático dos envolvidos no acidente envolvendo uma vitima fatal. O motorista do caminhão ficou preso as ferragens.

Populares acompanharam de perto o trabalho do corpo de bombeiros. O resgate só terminou no final da noite. O veiculo (caminhão) de placas MTB 2962, de Colatina, perdeu o freio e impossibilitado de parar, seguiu em alta velocidade devido a inclinação elevada na rodovia antes de chegar ao perímetro urbano do município de Pancas, onde perdeu o controle da direção.

O condutor tentou parar, mas alcançou a Avenida 13 de maio, provocando inúmeros transtornos, o impacto da batida foi tão forte que algumas ruas do centro ficaram sem energia.

O motorista Tiago Roce, 33, atingiu um poste, três viaturas da policia militar estacionadas no departamento da PM, passou por cima de uma moto, acertando um palio, e, ainda sem freio, invadiu a calçada e atropelou Nilse Costa de 64 anos, enquanto ela caminhava na calçada, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O caminhão só parou após invadir uma floricultura e tombar. O socorro de Tiago durou horas para ser retirado das ferragens, e o salvamento acabou por volta das 22 horas, Roce saiu com algumas escoriações.

De acordo com a PM, o motorista do caminhão teria perdido o controle do veículo ao descer uma ladeira e colidiu contra três viaturas, que estavam estacionadas.

Segundo as primeiras informações da polícia, o motorista do caminhão, antes de atingir as viaturas, acabou atropelando três mulheres na calçada. A PM confirmou ainda que, apesar das viaturas terem ficado completamente destruídas, nenhum policial ficou ferido no acidente.

A polícia ainda investiga as causas do acidente.