Caixa Econômica Federal é multada mais uma vez pela prefeitura de Barra de São Francisco por formação de filas

661

A prefeitura de Barra de São Francisco, através da Secretaria Municipal da Fazenda, voltou a multar a Caixa Econômica Federal do município nesta terça feira (14). A multa foi no valor de R$ 3.791, 00, por reincidência de descumprimento do estabelecido em lei municipal.

Esta não é a primeira vez que a administração municipal aplica multa a agência bancária e o prefeito disse Enivaldo dos Anjos (PSD), que fará quantas vezes for necessário até que seja resolvido o problema de atendimento à população e ameaçou até em retirar a folha de pagamento dos servidores municipais que está sob responsabilidade do banco.

Nesta terça-feira, dia 14 de setembro, a agência da Caixa da cidade foi multada por desobediência à legislação municipal, que limita em 30 minutos o tempo de espera para atendimento bancário, a fim de evitar a formação de filas de clientes, principalmente provocadas em dias de pagamento de auxílio emergencial.

A notificação de hoje foi assinada por 3 clientes, sendo que uma ficou cerca de hora e meia, uma com 33 minutos e outra com 30 minutos, debaixo de um sol escaldante e um calor muito forte.

Várias pessoas se aglomeravam em uma fila extensa de acesso à agência local da Caixa. “A falta de respeito com os francisquenses não pode ficar impune. Hoje, além do dia muito quente, acima do normal, várias pessoas ficaram por mais do que o permitido em longas filas.

Os tempos no município mudaram. Agora a lei terá que ser cumprida”, afirmou o prefeito Enivaldo.

A prefeitura anunciou que vai fazer uma autuação por dia, se a instituição não providenciar um local adequado para atender aos seus clientes. Na primeira autuação, no dia 7 de janeiro, a multa foi de R$ 1.895,00, baseado em duas leis que limitam em 30 minutos o tempo de espera de clientes para serem atendidos em agências bancárias na cidade. Já são 15 multas proferidas, sendo que 13 estão em fase de recurso administrativo, 01 no prazo para recurso.

O problema tem sido recorrente na Caixa, principalmente a partir de abril de 2020, quando começarem os pagamentos do auxílio-emergencial do governo Federal por conta da pandemia do novo coronavirus.

A Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco lavrou, no dia de hoje, 14.09.2021, multa contra a agência da Caixa na cidade, por desobediência a legislação municipal que limita em 30 minutos o tempo de espera para atendimento bancário. Para além desta ação, da qual cabe impugnação, a Prefeitura vai notificar a agência para que providencie local adequado de atendimento aos seus clientes, acabando com a fila externa no estabelecimento”.