Cadáver encontrado em Barra de São Francisco ainda não foi identificado

1140

81A delegacia de polícia de Barra de São Francisco está trabalhando no sentido de descobrir quem é a pessoa do sexo masculino que foi encontrado carbonizado no dia 01 de outubro de 2015, no Córrego Barro Preto, interior do distrito de Vila Paulista.

O delegado titular daquela delegacia faz um apelo para que as pessoas que por ventura venha a reconhecer qualquer peça das roupas em que a vítima usava, procurar a Delegacia de Polícia de Barra de São Francisco com urgência.

O corpo ainda não foi identificado, mas através das fotos e das roupas que o cadáver estava usando pode ser que alguém venha a reconhecer e com isso ajudar a identifica-lo e até mesmo seus familiares. O cadáver é do sexo masculino.

Entenda o caso

A polícia militar de Barra de São Francisco foi acionada na manhã desta quinta-feira, 1º de outubro de 2015, para comparecer na entrada do Barro Preto, interior de Barra de São Francisco, onde havia um corpo de uma pessoa desconhecida carbonizada.

O delegado de polícia Juliano Batista enviou para o local um investigador e os trabalhos já iniciaram para saber a causa e autores desconhecidos. O delegado entende que Barra de São Francisco tem sido local para “desova” de corpos, por ter nos seus interiores locais de difíceis acessos, porém nenhum fato ocorrido na região ficará impune, pois a polícia precisa dar uma resposta para a população.

“O índice de criminalidade na região caiu muito e chega a ser histórico devido a parceria da PM e PC e isso tem contribuído com o bom trabalho desempenhado por ambas polícias que continuam unidas para combater a criminalidade e dando uma resposta com rapidez a sociedade”, finalizou no delegado Juliano.

77 78 79