Cabeção e Gleyciária cobram conclusão pavimentação e saneamento em Nova Venécia

353

54Os vereadores José Theodoro de Abreu (DEM), o Cabeção e Gleyciária Bergamin Araújo (PRP), de Nova Venécia, estiveram visitando o deputado Enivaldo dos Anjos (PSD), na manhã desta quinta-feira, 7 de abril, quando reivindicaram o apoio do mesmo para a retomada de algumas obras paralisadas desde o final de 2014, quando o governador Paulo Hartung (PMDB) foi eleito governador.

Gleyciária e Cabeção querem que o Governo do Estado retome a obra de pavimentação da rodovia que dá acesso Patrimônio da Penha (Perdido) e à Sede do distrito de Santo Antônio do XV.

“A paralisação da obra, no final de 2014, tem trazido transtornos e dificuldades aos nossos produtores e moradores locais. É preciso ressaltar que a região é formada por várias comunidades e patrimônios que se encontram ao longo da estrada em questão e todas têm suas atividades voltadas para o setor agropecuário, tendo no café e leite, os produtos basilares da sua economia”, sustentam os vereadores, em ofício enviado também ao presidente da Assembleia Legislativa (Ales), Theodorico Ferraço.

SANEAMENTO

Os vereadores venecianos reivindicam ainda a conclusão dos serviços de saneamento básico iniciados pela Cesan em Boa Vista, Guararema, São Luiz dos Reis e Santo Antônio do XV. As obras também foram iniciadas no governo anterior e estão paralisadas desde o final de 2014.

“Dentre os transtornos com a paralisação, temos o retrabalho, riscos aos moradores e até mesmo danos ao patrimônio público e privado. Mas, o que mais causa indignação nos moradores é que as obras não concluídas estão deixando consequências desastrosas para o trânsito de veículos e de pedestres, com as ruas esburacadas e a escassez de água potável”, afirmam os vereadores em outro ofício.

ENIVALDO

O deputado Enivaldo dos Anjos disse aos vereadores que irá procurar pessoalmente o governador e a direção da Cesan, junto com o presidente da Ales, Theodorico ferraço, para pedir que as obras sejam retomadas. Dos Anjos salientou que o Governo do Estado tem feito o “dever de casa” para manter as contas em dia, diante da grave crise financeira que está atingindo diretamente os orçamentos públicos, mas reconhece que o pleito dos vereadores é legítimo e que, com um pouco de boa vontade, o governo estadual conseguirá retomar essas obras em prol da população veneciana.