BPMA apreende metralhadoras e espingarda em Aracruz

157

Na manhã desta segunda-feira (03), o Comando de Operações Táticas em Mata Atlântica do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (Cotama / BPMA) prosseguiu ao distrito de Córrego do Índio, zona rural de Aracruz, para atendimento de uma denúncia a respeito da prática de caça predatória com auxílio de arma de fogo e comercialização de animais silvestres abatidos.

Chegando ao local, a equipe localizou o indivíduo denunciado em frente a sua residência. O homem foi informado do motivo da fiscalização e permitiu a entrada dos policiais em sua casa.

Durante as buscas no local, foram localizadas uma espingarda calibre 32, três metralhadoras semi-industriais calibre 380, 72 munições calibre 380, quatro munições calibre 32, dois frascos contendo esferas de chumbo e um frasco contendo pólvora. Não foram encontrados animais silvestres abatidos no local.

As armas e munições não possuíam registro, nem autorização alguma dos órgãos competentes. Indagado a respeito do armamento e para qual finalidade utilizava, o denunciado nada respondeu, sendo conduzido juntamente com o material apreendido para a Delegacia de Polícia Judiciária de Aracruz e apresentado à autoridade competente para a adoção das medidas cabíveis.