Boneco Americano afirma que Paulo Márcio acabou com Água Doce do Norte

3176
Vereador Boneco Americano
Vereador Boneco Americano

O vereador Velton Fernandes, o popular Boneco Americano PT do B, de Água Doce do Norte, concedeu entrevista ao site Gazeta do Norte na manhã desta terça-feira, 10/05/2016, e fez duras críticas à atual administração do município, que ele acusa de ter abandonado o setor de saúde e ter tornado o município o mais pobre do Estado.

“A situação administrativa é a pior possível. O hospital que funcionou durante os oito anos de mandato de Abraão Lincoln e os dois anos de Adilson da Saúde, foi fechado pelo Paulo Márcio no primeiro dia da administração dele. Hoje, o prefeito está alugando o imóvel do hospital para colocar pavilhão de saúde, quando ali tem uma estrutura toda pronta para funcionar como hospital e atender cirurgias e outras complexidades”, critica.

Boneco afirma que Paulo Márcio tirou da saúde R$ 1,380 milhão para comprar cimento e gastou mais R$ 500 mil numa festa da cidade, no ano passado. “Ele preferiu comprar cimento e fazer festa do que cuidar da saúde do povo. Hoje não tem dinheiro para ultrassonografia, nem para pagar cirurgias do povo que eu tanto amo e luto por eles”. Boneco disse ter fé em Deus que, a partir do ano que vem o hospital voltará a funcionar em Agua Doce do Norte.

“Tenho muita fé de que o Abraão voltará para a prefeitura no que vem e reabrirá o hospital para que a população pare de sofrer e de ter que se deslocar até Barra de São Francisco quando tem problemas de saúde”, prevê.

Para Boneco Americano, o prefeito Paulo Márcio tem usado e abusado dos recursos municipais sem dar o devido retorno à população. De acordo com o vereador, os carros da prefeitura rodam sem nenhuma identificação, dia e noite e até finais de semana, sempre carregando os amigos do prefeito, como carros particulares, além do enorme gasto com diárias.

“O Paulo Márcio já chegou a pegar R$ 70 mi de diárias. Ele usa as diárias para ir à Capital assistir jogos de futebol, passear na praia com a família, passear em Brasília, participar de feira de granito onde só participam pessoas do exterior e nunca traz retorno em obras e serviço”, lamenta.

O vereador disse que tem lutado também pela reforma do campo de futebol de Cafelândia que, durante o mandato dele ninguém jogou futebol lá e o dinheiro para terminar o campo está no caixa, é dinheiro dos royalties do petróleo.

Em Bom Destino o povo também está revoltado com o prefeito e os próprios moradores desistiram de esperar e plantaram eles mesmos a grama do estádio. “Um dinheiro que pode ser gasto nisso, e está em caixa, é o dinheiro do royaltie do petróleo, está em caixa todo mês, mas ele não usa para fazer estas obras”, afirma o vereador.

ILUMINAÇÃO

O vereador criticou também a falta de manutenção na iluminação pública do município. “A prefeitura recebe mais de R$ 70 mil por mês de taxa de iluminação pública e não troca uma lâmpada. O povo vive reclamando, desde Cafelândia, passando por Rio Preto até Bom Jesus, Santo Honofre, Santo Agostinho, Santa Luzia do Azul e a Sede tudo com iluminação precária e ninguém sabe onde ele está enfiando o dinheiro”, questiona.

ESGOTO E CEMITÉRIO

“Em Santo Agostinho eu cobrei, no primeiro dia do mandato dele, a construção do muro do cemitério, mas até hoje ele não fez a obra, coisa simples, mas de extrema importância para a população. Ele é tão incompetente que, na porta da casa dele, em Santo Agostinho, corre um esgoto a céu aberto e ele não resolveu o problema. Aliás, o problema do saneamento básico é grave no município e ele não faz nada mudar a situação”, concluiu.